Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Famalicão: Mais de 130 espectáculos online no confinamento
Jovens génios da leitura premiados pelo Agrupamento de Escolas de Maximinos

Famalicão: Mais de 130 espectáculos online no confinamento

Festival Vaudeville Rendez-Vous de regresso para a sétima edição

Famalicão: Mais de 130 espectáculos online no confinamento

Vale do Ave

2021-05-09 às 11h00

Redacção Redacção

No último ano a cultura chegou ao conforto do lar dos famalicenses através da internet. Foram mais de 50 horas de programação online.

Apesar do confinamento obrigatório que determinou o encerramento das salas de espectáculos de todo o país, em Vila Nova de Famalicão a agenda cultural não parou e durante o último ano os espectáculos chegaram até ao conforto do lar dos famalicenses através da internet.
Durante os dois períodos de confinamento, em 2020 e 2021, o programa ‘Há Cultura em Casa’, promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, apresentou aos famalicenses mais de 130 espectáculos, divididos por mais de 50 horas de programação cultural online que no total contaram com cerca de 250 mil visualizações.
Promover o acesso a actividades culturais no período de isolamento, e por outro, valorizar os artistas locais e preservar a dinâmica cultural do concelho foram os principais objectivos do programa promovido pela autarquia.
Os artistas locais foram, de resto, os principais protagonistas dos mais de cem espectáculos promovidos no âmbito do ‘Há Cultura em Casa’, transmitidos ao fim-de-semana na página oficial de Facebook do programa ‘Famalicão Comunitário’.
Entre a primeira e a segunda edição do projecto estiveram envolvidos mais de duas centenas de artistas e técnicos de som e luz.
Entre os vários momentos de música, poesia, teatro, dança, ateliers artísticos e artes circenses, destaque por exemplo para as apresentações dos músicos Maria do Sameiro, Filtro, Quatroclaves, The CityZens, Costinha, B Quest, do teatro de Elsa Pinho e da companhia Grutaca, da companhia de dança Crescer Além da Dança, entre tantos outros.
Refira-se que depois do sucesso da primeira edição, em 2021 o Município de Vila Nova de Famalicão apostou numa programação online com maior qualidade sonora e visual, reforçando os recursos utilizados ao nível do som e imagem com todos os espectáculos a serem gravados em espaços dotados de equipamentos profissionais.
Recorde-se ainda que em Janeiro deste ano as entidades culturais e artísticas de Vila Nova de Famalicão reconheceram publicamente todo o apoio, dinâmica e empenho que o Município de Famalicão teve para com as estruturas, associações e movimentos culturais do concelho durante a pandemia, com a atribuição de um Voto de Louvor à Câmara Municipal pelo apoio que a autarquia prestou ao sector.
A dinamização do ‘Há Cultura em Casa’ e do ‘Anima-te’ foram dois exemplos apontados pelos agentes culturais do concelho de iniciativas desenvolvidas pela Câmara Municipal para mitigar os efeitos da pandemia no sector cultural.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho