Correio do Minho

Braga,

- +
Famalicão recebe menção honrosa
Solidariedade que faz os sonhos acontecer

Famalicão recebe menção honrosa

Associação de Atletismo de Braga contesta exclusão de Ana Marinho

Famalicão recebe menção honrosa

Vale do Ave

2021-10-22 às 06h00

Redacção Redacção

Prémio Autárquico Aristides de Sousa Mendes reconheceu, com uma menção honrosa, o trabalho realizado pelo município famalicense com o programa ‘De Famalicão para o Mundo: Contributos da História Local’.

O programa educativo e cultural do Município de Vila Nova de Famalicão, ‘De Famalicão Para o Mundo: Contributos da História Local’, recebeu uma Menção Honrosa na categoria ‘Coesão Social e Comunitária’. Atribuída pela Direcção-Geral das Autarquias Locais, a distinção surge no âmbito do Prémio Autárquico ‘Aristides de Sousa Mendes e outros salvadores portugueses - Holocausto, valores universais, humanismo e justiça’, uma distinção honorífica de âmbito nacional, de natureza não pecuniária, que se realiza anualmente.
Integrado no ‘Projecto Nunca Esquecer - Programa Nacional em torno da Memória do Holocausto’, é entregue às autarquias que, por sua iniciativa ou em articulação com a sociedade civil, promovam práticas, programas ou projectos de elevado mérito e interesse público, em cinco categorias: ‘Coesão Social e Comunitária’, ‘Artes, Património e outros domínios Culturais’, ‘Modelar o Futuro sobre memórias e experiências vivas’, ‘Diferenciação, inovação, criatividade’ e Fazer Acontecer’.
‘De Famalicão Para o Mundo: Contributos da História Local’ é um programa educativo e cultural desenvolvido pelo Município de Famalicão no ano lectivo 2018/2019, no âmbito do Plano Estratégico Educativo Municipal. Com foco na educação para as artes e património através da dinamização de actividades educativas para exploração do património e história local, neste programa já foram abordados temas como ‘Em Torno da Memória do Holocausto e a Ajuda Humanitária’, ‘Crianças Austríacas da Cáritas Portugal’ ou ‘Prisioneiros Famalicenses nos Campos de Concentração’, no sentido de inserir a história local, num contexto internacional e universal.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho