Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Famalicão reúne jovens músicos para estágio em orquestra
Lyle Foster contrado ao Mónaco por 1,2 milhões de euros

Famalicão reúne jovens músicos para estágio em orquestra

Município estuda públicos da cultura de olho na Capital Europeia de 2027

Famalicão reúne jovens músicos para estágio em orquestra

Vale do Ave

2020-03-31 às 23h30

Redacção Redacção

Candidaturas para a JOF arrancam esta quarta-feira. Estágio decorre de 31 de agosto a 6 de setembro

Arrancam esta quarta-feira, dia 1 de abril, as candidaturas para a segunda edição da JOF - Jovem Orquestra de Famalicão.
Depois do sucesso do ano de estreia da iniciativa, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão quer voltar a reunir os jovens músicos do concelho num estágio de orquestra sinfónica de curta duração que decorrerá de 31 de agosto a 6 de setembro e que contará com a direção artística do maestro José Eduardo Gomes, vencedor do primeiro prémio do European Union Conducting Competition, concurso internacional de direcção de orquestra que se disputou em Sófia, na Bulgária, em janeiro deste ano.
“Vai ser uma semana de muita música, amizade e partilha. É para mim um privilégio fazer parte desta equipa fantástica, unida num só objetivo: o de proporcionar concertos únicos, onde o público é peça chave”, refere o maestro.
As candidaturas decorrem até ao dia 1 de maio e destinam-se a jovens instrumentistas oriundos do concelho e/ou com formação pré-universitária em Vila Nova de Famalicão. Os interessados, que podem receber um prémio de participação até aos 550 euros, devem efetuar a sua candidatura no site oficial do município, onde poderão também encontrar o regulamento da iniciativa.
O número de vagas está limitado aos 67 participantes, sendo distribuídos pelos instrumentos de cordas (22 violinos; 8 violas; 6 violoncelos; 4 contrabaixos); sopro (3 flautas; 2 oboés; 3 clarinetes; 3 fagotes; 5 trompas; 2 trompetes; 2 trombones tenor; 1 trombone baixo e 1 tuba) e 4 instrumentos de percussão.
À semelhança do ano anterior, os participantes estarão novamente organizados em categoria por ordem preferencial, sendo que na categoria A estão os instrumentistas profissionais com menos de 30 anos de idade à data de realização do estágio, que tenham feito formação pré-universitária ou sejam residentes em Vila Nova de Famalicão. Na categoria B, os instrumentistas em formação no ensino superior (bacharelato/licenciatura ou mestrado), e na categoria C, os músicos com formação pré-universitária concluída ou ainda a frequentar o ensino profissional ou artístico especializado.
O estágio irá integrar ensaios de orquestra e três concertos.  
Para além da Direção Artística, composta pelo maestro José Eduardo Gomes e por um maestro convidado, a JOF conta também com a colaboração de um Conselho Consultivo constituído por representantes das direções das instituições de ensino artístico especializado e de ensino profissional de música do concelho: CCM – Centro de Cultura Musical, ArtEduca – Conservatório de Música de Vila Nova de Famalicão e ARTAVE – Escola Profissional Artística do Vale do Ave.
Recorde-se que na sua primeira edição a JOF registou mais de uma centena de inscrições, não só de alunos e músicos com formação em Portugal, mas também com formação musical noutros países, tais como Alemanha, Reino Unido, Suécia e Países Baixos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho