Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Famalicão volta a prestar tributo a José de Azevedo e Menezes, na Câmara Municipal a que presidiu nos finais do século XIX
Roadshow digital e tecnológico da Fundação Altice chega a Vila Nova de Cerveira

Famalicão volta a prestar tributo a José de Azevedo e Menezes, na Câmara Municipal a que presidiu nos finais do século XIX

Alexandre e Dima Huryachkov campeões nacionais de Muay Thai

Famalicão volta a prestar tributo a José de Azevedo e Menezes, na Câmara Municipal a que presidiu nos finais do século XIX

2019-09-15 às 19h18

Redacção Redacção

Sessão de lançamento do 2.º volume da Correspondência de José de Azevedo e Menezes (1872-1927): Política, Cultura e Cidadania

No próximo dia 21 de setembro, pelas 15h30, na sala da Assembleia Municipal da Câmara de Vila Nova de Famalicão, vai ter lugar o lançamento do 2.º volume da Correspondência de José de Azevedo e Menezes, o escritor e genealogista famalicense, senhor da Casa do Vinhal.
 
A obra abarca os temas da política, cultura e cidadania versados nas cartas endereçadas a José de Azevedo e Menezes entre 1872 e 1927. Este volume, editado pela Húmus, com o apoio editorial da Câmara Municipal, vem juntar-se à Correspondência de José de Azevedo e Menezes (1878-1933): Camilo Homenageado, cumprindo-se, assim, mais uma etapa do projecto editorial do Arquivo Municipal Alberto Sampaio de publicação da correspondência deste ilustre famalicense.
  
O livro Correspondência de José de Azevedo e Menezes (1872-1927): Política, Cultura e Cidadania, com introdução, leitura e notas de Emília Nóvoa Faria e prefácio de Luís Ferraz, embaixador de Portugal no Reino da Arábia Saudita, reúne trezentas e doze cartas escritas por cento e três remetentes, entre os quais se encontram nomes de influentes personalidades da época, como Bernardo Correia de Melo (conde de Arnoso), Eugénio de Castro, Francisco de Aguilar (conde de Samodães), Gonçalo Sousa e Menezes (conde de Bertiandos), Gonçalves Crespo, Hintze Ribeiro, Jacinto Cândido, João Franco, Júlio Brandão, Lino Neto, Luís de Magalhães, Martins Sarmento, Oliveira Martins, Pinho Leal e Santos Viegas.
 
O “lugar especial na memória colectiva de Vila Nova de Famalicão” ocupado por José de Azevedo e Menezes, como destaca o Presidente da Câmara, Paulo Cunha, é o resultado do seu desempenho “social, cultural e político de grande relevância no nosso concelho”.  É também, como refere Luís Ferraz no prefácio que assina, resultado dessa “admirável inquietação intelectual” que lhe permitia reflectir “sobre o seu tempo e a realidade social e económica, buscando soluções para o atraso geral e para as dificuldades das populações […], contrariando a tese radical do proprietário ocioso”.
 
Dos muitos factos e acontecimentos relatados nas cartas trazidas agora a público, na sua maioria enriquecidas com interessantes notas à margem, redigidas a partir de notícias da imprensa local e nacional da época e/ou de outros documentos, é de salientar o Plano Geral de Melhoramentos no Concelho de Vila Nova de Famalicão, apresentado por José de Azevedo e Menezes, em Maio de 1896, no início do seu mandato como Presidente da Câmara. Este notável documento, transcrito integralmente no final deste segundo volume da correspondência, permite aquilatar da craveira intelectual e política do seu autor, posta em destaque por Jerónimo Pimentel ao classificar o plano como “um compêndio da administração, não só da administração local, mas da administração geral”. Sobre o homem que o arquitectou, redigiu e se propôs implementá-lo, ninguém melhor que José da Cunha Sampaio, ilustre advogado vimaranense, soube expressar o quanto lhe agradou a sua leitura: “encheu[-me] de satisfação, por ver que há nesse concelho um homem que estuda, que pensa e que se dedica desinteressadamente ao bem da sua terra”. Com este e outros legados, José de Azevedo e Menezes deixou, ao longo da sua vida, uma marca indelével na história da comunidade deste concelho.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.