Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Famalicense-HC Braga em duelo pela permanência hoje às 18 horas
Museu de Arqueologia dá a conhecer cozinha e circo romano

Famalicense-HC Braga em duelo pela permanência hoje às 18 horas

Mercadona investe 5 ME por ano em máscaras para a sua equipa

Famalicense-HC Braga em duelo pela permanência hoje às 18 horas

Desporto

2021-04-17 às 14h44

Rui Serapicos Rui Serapicos

Última jornada da fase regular com face a face entre minhotos que pode ditar a descida de um deles, mas também podem ambos permanecer na I Divisão Nacional de hóquei em patins.

Em 50 minutos, hoje a partir das 18 horas, vai decidir-se em dois jogos quem desce à II Divisão Nacional. Um dos encontros é o Valongo-Turquel e o outro é o Famalicense-HC Braga. Vai ser este um dos motivos de interesse da jornada 26, a última da fase regular do campeonato nacional da I Divisão de hóquei em patins, que se disputa toda hoje, com jogos de apito inicial em simultâneo às 18 horas.
No caso do encontro entre os vizinhos minhotos, pode dar-se o caso de ambos permanecerem. Mas também pode acontecer a descida de um deles.
Sendo três os clubes que vão baixar e estando já definido esse destino para HC Tigres e Riba d'Ave, falta encontrar o terceiro despromovido.

O HC Turquel, que com 21 pontos é 12.º e antepenúltimo, é o candidato que está em situação mais perigosa. Precisa de vencer e joga em Valongo, no reduto do sétimo com 30 pontos e presença assegurada no play-off de disputa do título de campeão. Se o Turquel vencer em Valongo passa de 21 para 24 pontos.
Em Famalicão medem forças Famalicense e HC Braga, ambos com 23 pontos. Isto significa que se um perder arrisca-se a ser superado pela equipa da zona oeste.
Escutados ontem ao telefone ambos os técnicos dos clubes do Minho assumiram que importa evitar cometer erros e também que não vão estar especialmente atentos ao que se vai passar em Valongo.

O treinador do Famalicense, Vítor Silva, que em temporadas anteriores orientou também o HC Braga, comentou que “é pena” os dois emblemas minhotos terem chegado a esta última jornada na situação de poderem descer.
“Foi o que o campeonato ditou e vai ser uma final”, sublinhou, admitindo que “tanto o Famalicense tem valor para ganhar ao Braga com o Braga tem valor para ganhar ao Famalicense”.
Por isso, adiantou, “vai ser um jogo de tripla”. “As equipas conhecem-se bem”, salienta, vincando que ambas dispõem de elementos que “são capazes de decidir”.
“Vai ser importante defender bem e reconhecer com humildade o valor do adversário”, destacou ainda Vítor Silva.

Por sua vez, Tó Neves, que em finais de Dezembro assumiu o comando técnico do HC Braga, reconheceu que vai ser “um jogo com carga emocional diferente”.
“Se não ganharmos corremos o sério risco de descer. A realidade do ponto de vista pragmático, é essa”, salientou, assumindo que, assim, “um erro de detalhe pode custar caro”.
Entre as duas equipas neste campeonato evidenciou-se uma tendência de equilíbrio, frisou, apontando além da igualdade pontual (ambos com 23 pontos) idênticos números nas vitórias (ambos com sete), nos empates (ambos com dois) e nas derrotas (ambos com 16).

A diferença de golos marcados e sofridos, critério que definirá o posicionamento relativo em caso de empate, é favorável ao Famalicense.
“Mas ninguém joga para o empate” — garante Vítor Silva, lembrando, aliás, que na ronda anterior um empate em Turquel teria bastado para o Famalicense chegar a esta última jornada já com a presença na I Divisão segura, “mas não conseguimos”.
Já na perspectiva do Hóquei Clube de Braga, como refere Tó Neves, “só a vitória nos interessa, porque para nós um empate pode não chegar”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho