Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Famalicão dentro da nova rede de transportes
FC Famalicão procura esquecer no Jamor desaire do jogo da primeira jornada

Famalicão dentro da nova rede de transportes

dstgroup promove clássicos da filosofia junto dos seus trabalhadores

Famalicão dentro da nova rede de transportes

Vale do Ave

2019-12-10 às 11h38

Redacção Redacção

A área Metropolitana do Porto deu ‘luz verde’ à criação de uma rede de transportes entre Famalicão, Santo Tirso e Trofa. Para o presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, este projecto vai trazer “uma melhoria das condições de acessibilidades”.

A Área Metropolitana do Porto (AMP) aprovou na última sexta-feira,  por unanimidade, o memorando de entendimento sobre as linhas intermunicipais que atravessam concelhos de Famalicão, Santo Tirso e Trofa e que possibilita a constituição de uma rede de transportes entre os três municípios. A Comunidade Intermunicipal do Ave já havia dado luz verde à pretensão dos três municípios que avançaram para a criação da MobiAve.
A Associação de Municípios MobiAve vai gerir a rede de transportes públicos rodoviários dos concelhos de Santo Tirso, Vila Nova de Famalicão e Trofa, dando corpo a um projecto que começou a ganhar forma em 2017 e cujos autarcas acreditam que vai contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população, contribuindo para o aumento da utilização dos trans- portes públicos em detrimento de viatura própria.

A nova rede de transportes públicos intermunicipal, que será gerida pela MobiAve, foi alvo de um estudo de planeamento sobre a mobilidade de passageiros na área territorial dos três concelhos, tendo em vista a organização de futuras concessões de serviço público de transporte.
O presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, participou como observador convidado na reunião da AMP e agradeceu o voto de confiança, sublinhando que o projecto em causa vai representar uma melhoria das condições de acessibilidades para os habitantes não só daqueles três municípios, como também dos que diariamente se descolam para o território por motivos laborais.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho