Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Famalicão: Injex pioneira no lançamento de óculos de proteção individual
Nasceram 1329 bebés no primeiro trimestre

Famalicão: Injex pioneira no lançamento de óculos de proteção individual

Famalicão chama jovens músicos para estágio em orquestra

Famalicão: Injex pioneira no lançamento de óculos de proteção individual

Economia

2021-02-25 às 14h14

Redacção Redacção

Os óculos LookSafety foram desenvolvidos para serem utilizados pelos profissionais do setor da Saúde e de outras atividades em que haja necessidade de proteger os colaboradores que trabalham diretamente com público. E permitem o uso, em simultâneo, dos óculos de prescrição médica.

Chegaram ao mercado os primeiros óculos de proteção individual certificados para profissionais. O desenvolvimento inovador tem a assinatura da empresa famalicense Injex.
Depois do contacto da Direção-Geral da Saúde (DGS), em abril de 2020, que procurava fabricantes nacionais de produtos capazes de ajudar a combater o vírus SARS-CoV-2, aquela empresa de desenvolvimento de componentes técnicos para a indústria automóvel decidiu dedicar atenção ao problema e acabou por conceber um produto, que industrializou, já certificou e que agora vaicomercializar.
Os óculos LookSafety foram desenvolvidos para serem utilizados pelos profissionais do setor da Saúde e de outras atividades em que haja necessidade de proteger os colaboradores que trabalham diretamente com público. E permitem o uso, em simultâneo, dos óculos de prescrição médica.
“Estávamos parados por causa da pandemia e atirámo-nos ao trabalho”, conta o administrador, Pinheiro de Lacerda, logo constatando que havia na Injex e na 4 Valve, parceiros comerciais, tudo o necessário para desenvolver e produzir óculos de proteção individual, um dos produtos mais solicitados pela DGS: projeto, desenvolvimento, construção de moldes, capacidade produtiva e capacidade comercial.
O objetivo, desde logo traçado na fase de conceção, era estimulante. “Pretendíamos uns óculos de proteção que pudessem ser colocados diretamente sobre o rosto [utilizadores com boa visão, que não necessitam de óculos de correção da visão], assim como sobre óculos de correção [pessoas com dificuldades de visão], o que foi cabalmente conseguido.
A etapa seguinte – conceção, construção e otimização dos moldes de injeção –, conta Pinheiro de Lacerda, foi exigente e trabalhosa. “Um processo iterativo de correção do projeto e do molde, até se atingir o funcionamento e o aspeto perfeitos do produto”, destacando-se na peça frontal “a absoluta transparência conseguida, sem interferências na visão”.
Passado todo este tempo e alcançado o produto final, o projeto LookSafety, segundo o empresário famalicense, constituiu um grande desafio para a Injex, desde a génese, pois não existiam em Portugal empresas a produzir esta categoria de produtos. Mesmo na Europa eram bastante escassas.
“Foi necessário fazer uma pesquisa vasta, até a nível internacional, de vários itens imprescindíveis a um produto de qualidade, fiável, atrativo e vendável. Estamos a falar de certificação de produtos, de matérias primas, aditivos e outros, que no universo dos fornecedores portugueses não eram conhecidos”, explica.
Em paralelo decorreu todo o trabalho de desenvolvimento do site para a venda online do produto (https://looksafety.pt/), que agora ficou concluído para o mercado nacional. As vendas nos mercados internacionais terão início assim que a empresa receber o certificado CE, processo que deverá estar terminado no início de março.
O projeto LookSafety foi financiado pelo IAPMEI no âmbito do Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial, envolvendo um investimento elegível de 49.458,66 euros.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho