Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Feira do Cavalo alavanca arte e tradição secular
“Cesse tudo o que a musa antiga canta...”

Feira do Cavalo alavanca arte e tradição secular

Associação de Festas agradece “trabalho, dedicação e empenho”

Feira do Cavalo alavanca arte e tradição secular

Vale do Ave

2024-05-26 às 12h31

Redacção Redacção

inauguração marcada pelo descerrar de uma placa evocativa. Certame termina hoje no Centro Hípico de Cabeceiras de Basto.

Citação

O vice-presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Fernando Basto, acompanhado da vereadora Carla Lousada e dos representantes do Clube Equestre de Basto, inaugurou esta tarde, 25 de maio, a 12.ª edição da Feira do Cavalo que decorre até amanhã, ao fim do dia, no Centro Hípico de Vinha de Mouros.
A iniciativa é organizada pelo Clube Equestre de Basto com o apoio da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
A feira conta, nesta edição 2024, com cerca de trinta expositores, entre produtores/expositores de produtos locais, artesanato, alimentação e bebidas, coudelarias de Cabeceiras de Basto e de Vieira do Minho e, ainda, a Escola Profissional Agrícola Eng. Silva Nunes, de Celorico de Basto, e o Clube Equestre de Basto.

Depois de uma visita à feira e a todos os expositores presentes, a comitiva descerrou uma placa evocativa ao Cavalo no interior do picadeiro do Centro Hípico.
Durante a tarde, no picadeiro exterior, realizaram-se o concurso de saltos e a prova de maneabilidade, enquanto a manhã ficou preenchida com as provas de ensino (equitação de trabalho para o Campeonato Regional Entre Douro e Minho).

Durante a noite, realizou-se a ‘Homenagem aos 12 anos da Feira do Cavalo’, seguindo-se o espectáculo ‘Xado’z Horses’, bem como as atuações da Banda Sabor e DJ Gigs.
Hoje, no período da manhã, decorre o concurso de dressage regional e prova de velocidade, realizando-se, ao início da tarde, pelas 13 horas, o concurso de saltos. Para as 18.30 está marcada a cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores, encerrando o certame pelas 20 horas.
A arte equestre é secular no nosso país, uma antiga e histórica tradição com características únicas potenciadoras do turismo e do desenvolvimento local que importa valorizar, preservar e incentivar.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho