Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Felizmente Lar a funcionar em 2022
Papas de Sarrabulho, Vinho Verde Loureiro e Laranja de Amares deram asas à imaginação de jovens estudantes

Felizmente Lar a funcionar em 2022

Cerveira: Novo executivo municipal com pelouros atribuídos

Felizmente Lar a funcionar em 2022

Braga

2021-09-16 às 13h00

Redacção Redacção

O Felizmente Lar, que o Centro Social do Vale do Homem está a construir em Gualtar, deve entrar em funcionamento no primeiro semestre de 2022, anunciou o presidente da instituição, Jorge Pereira, numa visita à obra.

Jorge Pereira, presidente do Centro Social do Vale do Homem (CSVH), anunciou que o Felizmente Lar, a construir na Casa da Quinta da Igreja ou D. Amália, em Gualtar, deve entrar em funcionamento no primeiro semestre de 2022, após a introdução de novas valências no projecto inicial.
A revelação foi feita durante uma visita às obras, proporcionada pelo presidente da Assembleia de Freguesia de Gualtar, a todos os eleitos e candidatos a este órgão do poder local.
Na ocasião, Jorge Pereira manifestou gratidão a João Nogueira, “grande impulsionador do projecto que terá uma gestão empresarial rigorosa e transparente, como é apanágio reconhecido ao CSVH”.
“João Nogueira, então presidente da Junta, acreditou em nós e neste grande desafio que se traduz num investimento superior a 3,3 milhões de euros”, referiu o presidente do CSVH.
O aumento dos custos de investimento deve-se à criação de novas valências como o Centro de Reabilitação Motora, de apoio aos utentes e aberto à comunidade local, explicou Jorge Pereira, garantindo que 30% dos utentes serão residentes em Gualtar e é aos gualtarenses que “será dada prioridade nas contratações de funcionários que começam em Janeiro”.
Na visita, João Nogueira estava acompanhado de João Paulo Vieira, presidente da Junta, e João Luís Nogueira, presidente da Assembleia Geral do CSVH.
A abertura de um acesso novo, com a compra do terreno a um vizinho, por sugestão de João Paulo Vieira, permite que o Felizmente Lar possua novo acesso directo e a criação de um parque de estacionamento para funcionários e familiares dos utentes.
Esta obra é considerada uma mais valia para Gualtar, respondendo a uma necessidade para a área da terceira idade e uma aspiração que vem desde 1982.
Esta estrutura estará dotada de equipamentos de vanguarda que proporcionarão aos seus utentes bem-estar e envelhecimento activo, uma vez que o edifício está pensado para ser uma das melhores respostas e maiores referências no cuidado aos idosos.
O Felizmente Lar será distinto na medida que terá um conjunto de “ofertas diferenciadoras” e comodidades, como SPA, piscina interior, ginásio, fisioterapia, baloiço geriátrico urbano. Depois de uma breve apresentação do projecto, os eleitos e candidatos realizaram a visita guiada pelos técnicos gestores da obra.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho