Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Festivais da região de Braga celebram mais uma edição
Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso promoveu actividades desportivas

Festivais da região de Braga celebram mais uma edição

Porto e Norte espera começar a receber turistas norte-americanos no fim do Verão

Festivais da região de Braga celebram mais uma edição

Cávado

2021-05-03 às 13h30

Redacção Redacção

Em pleno 1º de maio, Barcelos recebeu os Festivais Regionais de Braga 2021 (CNE), onde foi distinguido o talento escutista.

Nesta edição, inspirada no exemplo de vida de Carlo Acutis, foram quatro as categorias em que o talento escutista se distinguiu e conseguiu “Ser +”: Concurso de Fotografia Escutista, Festival Monsenhor Américo, Festival de Curtas-metragens (EScurtas) e concurso de talentos (EStalento).

Para além da comemoração habitual, os Festivais Regionais contaram também com testemunhos de figuras de destaque do mundo da música e da arte, assim como, do Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, que salienta que a iniciativa “reflete as exigências de ser mais”.

Também o Chefe Nacional do CNE, Ivo Faria, referiu a diferença que a região marca e que essa “seja de facto uma diferença que faz com que também ela contagie, seja capaz de chegar aos outros e com isso também irradiar luz”.

O evento dividiu-se entre o dia 30 de Abril e 1 de Maio.

Na categoria "Concurso de Fotografia Escutista", venceu o agrupamento de Barcelos 1250 - Adães; O agrupamento de Famalicão 1374 – Ribeirão venceu na categoria "Festival Monsenhor Américo" e na categoria "Concurso de Talentos (EStalento)" ficou em primeiro lugar o núcleo Cego de Maio, agrupamento 439 - Vila do Conde.

O agrupamento 184 - Joane, de Famalicão, venceu com a melhor curta e com o melhor argumento; o prémio de melhor realização foi para Barcelos, para o agrupamento 1250 - Adães e, por fim, o agrupamento 671 - Lomar, de Braga, recebeu uma menção honrosa na categoria "Festival de Curtas-metragens (EScurtas)".

No primeiro dia, o público teve a possibilidade de assistir a workshops e, no segundo dia, foram transmitidos os Festivais.

Apesar da ausência presencial, através da transmissão integral do evento, foi possível estimular a participação do público.

Mais uma vez, a distância não impediu esta celebração de unir toda a região de Braga e de desvendar os diversos talentos dos jovens escuteiros.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho