Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Francisco Alves confia que Cabeceiras fechou quadriénio de forma positiva
Novo Centro de Vacinação de Braga abre a 10 de Dezembro

Francisco Alves confia que Cabeceiras fechou quadriénio de forma positiva

Tuna da Academia Sénior de Caminha abre concertos de Natal

Francisco Alves confia que Cabeceiras fechou quadriénio de forma positiva

Vale do Ave

2021-10-17 às 06h00

Fábio Moreira Fábio Moreira

Presidente reeleito da câmara municipal de Cabeceiras de Basto acredita que, apesar dos impactos da pandemia da Covid-19, o concelho encerrou o quadriénio 2017-2021 de forma muito positiva e reconhecido por entidades externas.

Decorreu, durante a tarde ontem, nos Claustros do Mosteiro de S. Miguel de Refojos, a cerimónia de tomada de posse dos novos órgãos autárquicos de Cabeceiras de Basto para o mandato de 2021-2025.
No seu discurso de tomada de posse, o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, começou por saudar todos os presentes, agradecendo o voto de confiança que o povo de Cabeceiras de Basto concedeu ao Partido Socialista para continuar à frente dos destinos da autarquia.
Relembrando um mandato que ficou marcado pela pandemia da Covid-19, Francisco Alves destacou a cooperação entre as instituições e serviços – desde o primeiro momento até ao processo de vacinação – deixando palavras de reconhecimento e agradecimento a todos os envolvidos neste difícil processo de combate à pandemia.

“Apesar das dificuldades, podemos afirmar que, globalmente, o mandato que agora termina foi muito positivo, aliás reconhecido pela maioria dos cabeceirenses, mas também por parte de diversas entidades externas, facto que muito nos orgulha”, disse Francisco Alves, fazendo referência às distinções e prémios que foram atribuídos a Cabeceiras de Basto durante o último mandato, designadamente a nomeação para o Prémio ‘Município do Ano 2021’, concurso promovido pela Universidade do Minho – UM Cidades; o Prémio Europeu de Vias Verdes – categoria prémio especial referente à Ecopista do Tâmega e que Cabeceiras de Basto recebeu em conjunto com os municípios de Celorico de Basto e Amarante; a distinção de ‘Autarquia Mais Familiarmente Responsável’; o selo ‘Comunidades Pró-Envelhecimento’ atribuído pela Ordem dos Psicólogos Portugueses; e ainda o título de finalista do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2021 com a Recuperação e Reabilitação do Mosteiro de S. Miguel de Refojos.

O eleito presidente da Câmara sublinhou que “a governação da Câmara Municipal vai ser muito exigente”, carecendo de “uma maior responsabilidade para colocar os interesses do Município e o interesse público à frente de eventuais interesses político-partidários”. E acrescentou: “pela minha parte assumo que as forças políticas representadas na Câmara Municipal podem contar com a minha disponibilidade para o diálogo e a boa vontade para trabalharmos juntos por Cabeceiras de Basto e pelos cabeceirenses”.
Na sua intervenção, o eleito presidente da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, Joaquim Barreto, dirigiu as suas primeiras palavras “a todos os cabeceirenses que, com as suas convicções democráticas e cívicas, participaram nas últimas eleições, escolhendo por quem queriam ser governados”.

Confirmando que a “responsabilidade enquanto eleitos locais é muito grande”, Joaquim Barreto deixou o desafio: “sejamos coerentes com os programas que defendemos, justos e intransigentes na defesa dos nossos ideais, frontais e conciliadores para com os nossos interlocutores e adversários, e cordiais no trato, sempre. Estou certo que assim tornaremos gratificante e honroso o nosso trabalho e ganharemos o reconhecimento daqueles que representamos”.
Joaquim Barreto lembrou ainda António Cunha, ex-presidente da Junta de Freguesia da Faia, recentemente falecido, que desempenhou as suas funções com máxima entrega e dedicação.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho