Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Gabinete de Psico-oncologia em Guimarães para apoiar doentes e as suas famílias
TUB com 57% dos clientes face ao ano passado

Gabinete de Psico-oncologia em Guimarães para apoiar doentes e as suas famílias

ACB diz que é fundamental o prolongamento do layoff

Gabinete de Psico-oncologia em Guimarães para apoiar doentes e as suas famílias

Vale do Ave

2020-02-18 às 18h18

Redacção Redacção

Novo espaço para realização de sessões de psicoterapia (individual ou grupo) e permite acompanhar os doentes oncológicos.

A partir desta terça-feira, 18 de fevereiro, passa a funcionar em Guimarães o Gabinete de Psico-oncologia, situado na Avenida Rio de Janeiro, em Mesão Frio.
 
O espaço resulta de um protocolo celebrado entre o Município de Guimarães e a Liga Portuguesa Contra o Cancro - Núcleo Regional do Norte, permitindo a realização de sessões de psicoterapia (individual ou grupo), e que visa acompanhar os doentes oncológicos e seus familiares numa fase da sua vida de maior fragilidade psicológica.
 
O Presidente da Câmara de Guimarães destacou a criação desta resposta na sequência de uma necessidade registada na sociedade. “Guimarães afirma-se como um território solidário e generoso e a criação deste gabinete decorre no sentido de dar apoio ao doente oncológico e às famílias. Quando surge esta doença acaba por afetar tudo à volta, principalmente na própria família e este será um espaço afetivo de apoio psicológico e social, atento a pormenores que são importantes para ajudar a combater a doença”, salientou.
 
Domingos Bragança sublinhou o papel da autarquia em desenvolver “respostas sociais e humanas” no sentido de “proporcionar o bem-estar dos vimaranenses”. O presidente da Câmara Municipal ressalvou que “é importante garantir todas as condições, e nas suas diversas dimensões, para fazer com que a esperança seja forte e é nesse sentido que estamos a acrescentar este tipo de respostas sociais, cruzando até com outras instituições do concelho para uma resposta ainda mais abrangente”, salientou Domingos Bragança.
 
O Presidente da Liga Portuguesa Contra o Cancro, Vítor Veloso, enalteceu o “espaço de excelência” inaugurado em Guimarães, ao ponto de expressar que irá “referenciar a todos aqueles que querem fazer um gabinete de psico-oncologia”. Segundo Vítor Veloso, “o doente oncológico não pode ser tratado como outro qualquer, pois tem características muito especiais” e nesse sentido foi criada esta resposta, a fim de serem “criados laços de afetividade” com os profissionais de saúde, sublinhando que essa relação “cria imunidade e dá força aos doentes”.
 
Vítor Veloso apontou que é importante que os familiares dos doentes participem nestas consultas, explicando que “muitas vezes são as famílias que ficam instáveis”. O Presidente da Liga Portuguesa Contra o Cancro assinalou que existem 400 mil sobreviventes, mas a doença oncológica tende a aumentar. Certo é, “a mortalidade está muito diminuída”, vincou Vítor Veloso.
 
A Vereadora da Ação Social, Paula Oliveira, agradeceu o contributo de todos que ajudaram na construção deste Gabinete de Psico-oncologia, destacando que a “paixão” e “empatia” podem ajudar muito a aliviar o sofrimento dos doentes oncológicos.  
 
A cerimónia de inauguração contou ainda com as presenças da vice-presidente da Câmara de Guimarães, Adelina Pinto, do diretor Agrupamento de Centros de Saúde do Alto Ave, Novais de Carvalho, do representante do Conselho de Administração do Hospital de Guimarães, João Miranda, do Presidente do Lions Clube de Guimarães, Vicente Salgado, entre outros.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho