Correio do Minho

Braga,

- +
Ginásios de regresso com muita segurança
Furacão González abateu frágil habitação em Moreira de Cónegos

Ginásios de regresso com muita segurança

Balanças Marques vence Prémio Inovação em Prevenção

Ginásios de regresso com muita segurança

Braga

2021-04-06 às 06h00

Carlos Costinha Sousa Carlos Costinha Sousa

Desconfinamento representou, ontem, o regresso também à actividade dos ginásios, que já viram alguma movimento, mesmo com as várias limitações que têm ainda, como a não realização das aulas de grupo.

É um dos sectores que tem sido mais afectado pela pandemia de Covid-19 e, desde ontem, regressou ao activo, ainda com várias limitações, mas já fazendo a alegria de utentes e também proprietários. Os ginásios estão de volta à acção e a receber clientes, apenas para o trabalho e prática desportiva individual.
Em Braga, ontem, já foi possível ver alguns destes espaços desportivos com clientes no seu interior, o que demonstra claramente não só a vontade que os bracarenses já tinham de regressar a estes espaços, mas também a ansiedade com que os responsáveis pelos mesmos se encontravam, prontos para abrir e começar a trabalhar - depois de uma longa paragem - mal houvesse autorização para tal.
Neste regresso, o Correio do Minho conversou com Alberto Soares, um dos primeiros a entrar no ginásio Kalorias, afirmou-se muito satisfeito não só por este regresso ao activo, mas também pelas condições que encontrou no espaço desportivo, que ajudaram a tranquilizar ainda mais, perante o cumprimento das normas sanitárias.
“Já sentia saudades de vir ao ginásio, já estava a precisar. É algo que me faz muita falta. Fazer exercício e ter também aquela rotina de ir ao ginásio”, começa por afirmar, para logo falar sobre a experiência neste regresso: “estou muito impressionado, pela positiva, com o ginásio. Apenas pode ser utilizado com marcação prévia na aplicação. Ainda não há hipótese de realizar aulas de grupo e os treinos têm que ser feitos com máscara. Mas tudo ajuda a que a segurana seja cada vez maior. As máquinas nota-se que estão sempre a ser desinfectadas”.
Neste regresso à actividade, Alberto Soares reforçou a ideia de que as condições exigidas pela Direcção-Geral da Saúde estavam a ser cumpridas, afirmando estar confiante e seguro. “Sinto-me muito seguro. Para além de estar muito pouca gente, nota-se que as condições sanitárias são cumpridas. Há distanciamento entre os utilizadores e a desinfecção constante é cumprida aqui pelos responsáveis pelo ginásio. Agora também nós, os utentes, temos que ter o bom senso de cumprir com o que é exigido”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho