Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Golo tardio de Léo Martins coloca Portugal nos ‘quartos’ do Mundial de futebol de praia
Exposição da Misericórdia de Barcelos apela ao diálogo e à paz no mundo

Golo tardio de Léo Martins coloca Portugal nos ‘quartos’ do Mundial de futebol de praia

Theatro Circo: Novidades preenchem agenda cultural do próximo quadrimestre

Golo tardio de Léo Martins coloca Portugal nos ‘quartos’ do Mundial de futebol de praia

Desporto

2024-02-20 às 17h12

Redacção Redacção

Um golo marcado por Léo Martins a nove segundos do fim lançou, com dramatismo, a selecção portuguesa de futebol de praia para a vitória por 3-2 sobre Omã e os quartos-de-final do Mundial de 2024.

Citação

O jogador luso-brasileiro, que também tinha inaugurado o marcador, assegurou o triunfo sofrido no jogo da terceira e última jornada do Grupo D, e subiu ao topo da lista de melhores marcadores do torneio, que decorre no Dubai, com sete remates certeiros.

Portugal, campeão mundial em 2001 (ainda sem tutela da FIFA), 2015 e 2019, também ascendeu à liderança do agrupamento, mas deverá regressar ao segundo lugar, quando o Brasil defrontar o México, preparando-se para defrontar nos ‘quartos’ a Bielorrússia, virtual vencedora da ‘poule’ C.

A equipa orientada pelo selecionador Mário Narciso, que antes tinha goleado o México, por 8-2, e perdido com o Brasil, por 3-2, após prolongamento, voltou a apurar-se para a fase a eliminar do Campeonato do Mundo, depois de ter falhado esse objetivo na edição anterior, realizada em 2021.

As duas equipas acusaram o caráter decisivo do encontro, mostrando-se preocupadas, acima de tudo, com a segurança defensiva, mas isso não impediu Bê Martins de acertar no poste da baliza adversária, no lance mais perigoso do primeiro período, que terminou sem golos.

O impasse foi quebrado aos 16 minutos, pelo ‘inevitável’ Léo Martins, inaugurando o marcador com um desvio oportuno, após um pontapé de bicicleta falhado de Jordan, que, aos 20, acertou em cheio no gesto técnico mais representativo da modalidade, fixando o 2-0 no fim do segundo parcial.

O último período começou com o erro de Bê Martins, que resultou no golo de Abdullah Al Sauti, aos 25 minutos, e poderia ter terminado de forma infeliz para Portugal, quando uma falta de Jordan proporcionou o empate 2-2 a Khalid Al Oraimi, a 24 segundos do fim.

Quase no último suspiro da partida, um canto marcado com precisão por Bê Martins e o sentido de oportunidade de Léo Martins recolocaram a equipa das ‘quinas’ no comando do marcador, que o guarda-redes Pedro Mano – outro dos destaques de Portugal - segurou com uma boa defesa, na derradeira tentativa de Omã.

A selecção portuguesa, que conquistou também uma medalha de prata, em 2005, e três de bronze, em 2008, 2009 e 2011, volta a entrar em acção na quinta-feira, para disputar a partida dos quartos-de-final do Mundial de 2024, previsivelmente, com a Bielorrússia.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho