Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Governo da Guiné-Bissau em Guimarães para cooperação na área cultural
Arte inclusiva para admirar nos espaços culturais

Governo da Guiné-Bissau em Guimarães para cooperação na área cultural

Póvoa de Lanhoso é o Município do Minho que paga mais rápido a fornecedores

Governo da Guiné-Bissau em Guimarães para cooperação na área cultural

Vale do Ave

2020-10-18 às 13h13

Redacção Redacção

Adelina Pinto reuniu com o Secretário de Estado da Cultura da Guiné-Bissau, Francelino Cunha.

A vice-presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Adelina Pinto, recebeu uma comitiva do Governo da Guiné-Bissau liderada pelo Secretário de Estado da Cultura, Francelino Cunha. O encontro decorreu no Salão Nobre do Município, proporcionando uma “troca de experiências” e o reforço das relações institucionais.
O trabalho desenvolvido no campo cultural em Guimarães mereceu amplo reconhecimento pelo governante da Guiné, na sequência da afirmação da cultura como fator distintivo da construção da cidadania e como meio eficaz para o desenvolvimento social, para a evolução das mentalidades e para a consolidação da consciência cívica dos cidadãos, resultando numa prática que tem marcado a intervenção dos últimos anos na Cidade-Berço.
Adelina Pinto evidenciou o modelo de gestão cultural do território, através da cooperação com as estruturas municipais, tendo em conta a um trabalho de proximidade nas áreas da cultura e educação.
A ligação entre Guimarães e a Guiné-Bissau tem sido cimentada ao longo dos últimos anos, destacando-se a participação de vários artistas na programação do Noc Noc em representação da cultura crioula das regiões de Cacheu e de Bissau e, ainda, com a presença de um grupo de folclore na programação do Fest’in Folk Corredoura nas últimas edições.
Nesta visita a Guimarães, Francelino Cunha teve ainda a oportunidade de conhecer os equipamentos culturais e visitou alguns dos locais mais emblemáticos da cidade.
Recorde-se que, recentemente, foi assumido o reforço das relações entre Portugal e a Guiné-Bissau pelo primeiro-ministro, António Costa, nos domínios político-diplomático, económico e cultural e reiterou que África será prioridade na presidência portuguesa da União Europeia. “Portugal presidirá ao Conselho Europeu da União Europeia a partir do dia 01 de janeiro do ano que vem, e assim as relações entre Europa e África uma vez mais terão em Portugal um motor fundamental, podendo culminar numa cimeira entre os dois continentes, e particularmente envolvendo a União Europeia e a União Africana”, declarou o chefe de Estado português.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho