Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Grupo Tryba investe 50 milhões e cria 200 novos postos de trabalho em Famalicão
Artur Jorge: “Queremos depender apenas de nós”

Grupo Tryba investe 50 milhões e cria 200 novos postos de trabalho em Famalicão

Quebras no turismo atingem os 80% em Braga

Grupo Tryba investe 50 milhões e cria 200 novos postos de trabalho em Famalicão

Vale do Ave

2020-05-21 às 17h21

Redacção Redacção

Com a construção de uma unidade industrial de raiz em Ribeirão

O grupo Tryba, constituído por empresas francesas e portuguesas, entre as quais a famalicense Caixiave, vai criar 201 novos postos de trabalho em Vila Nova de Famalicão. Reunindo duas das maiores empresas europeias no fabrico, comercialização e montagem de caixilharia, o grupo vai avançar com a construção de raiz de uma nova unidade industrial na freguesia de Ribeirão.

O investimento do grupo no concelho famalicense ronda os 50 milhões de euros e foi hoje classificado pelo executivo liderado por Paulo Cunha como um projeto empresarial de interesse municipal ao abrigo do regulamento Made 2IN.

Com esta declaração de interesse público municipal o grupo é contemplado com a concessão de um apoio ao investimento no valor de 309 mil euros, com um conjunto de benefícios de natureza fiscal previstos no regulamento Made 2IN, nomeadamente, ao nível do IMI, IMT e na redução das taxas de licenciamento das operações urbanísticas.

A nova unidade industrial ficará instalada na Rua do Sol Poente, em Ribeirão, e será composta por duas naves industriais. A fase de execução do projeto deverá arrancar em breve.

Recorde-se ainda o Regulamento Made 2IN está em vigor desde finais de 2014 e até setembro de 2019 tinham sido aprovados 55 projetos empresariais de interesse municipal que representaram um investimento global de quase 190 milhões de euros e a criação de mais de mil postos de trabalho.

Em abril do ano passado o regulamento passou a ter novos critérios de classificação, passando, por exemplo, a dar mais ênfase ao emprego criado e à sua qualidade do que ao montante de investimento realizado.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho