Correio do Minho

Braga, sábado

Guimarães projecta-se no futuro como construtora das smart cities
Braga vai criar Laboratório de Inovação Urbana

Guimarães projecta-se no futuro como construtora das smart cities

Mostra leva ‘Segredos do Cávado’ a Amares

Vale do Ave

2018-01-10 às 10h17

Marta Amaral Caldeira

Guimarães está a desenhar-se como smart city e é por isso mesmo que lidera a candidatura do projecto Dream ao abrigo do programa comunitário Horizonte 2020 juntamente com outras cidades europeias da Cultura e da Ciência para a criação deste conceito de cidade inteligente, cujo modelo se pretende replicar a outras cidades.

Guimarães está a desenhar-se como smart city e é por isso mesmo que lidera a candidatura do projecto Dream ao abrigo do programa comunitário Horizonte 2020 juntamente com outras cidades europeias da Cultura e da Ciência para a criação deste conceito de cidade inteligente, cujo modelo se pretende replicar a outras cidades. Ontem mesmo foram colhidas, numa conferência na Plataforma das Artes, várias ideias de associações, instituições e empresas vimaranenses precisamente para fomentar ideias e soluções inovadoras e sustentáveis nas futuras smart cities.
No Dream recolhem-se agora ideias e soluções tecnológicas inovadoras e com aplicação prática para a construção destas cidades inteligentes, perspectivando-se já para 2050 cidades livres dos combustíveis fósseis.
Esta é uma candidatura que tem por objectivo fazer a demonstração de tecnologias que sejam utilizadas em espaço construído e espaço público na lógica das smart cities futuras que respondam aos desafios globais da sustentabilidade, em concreto na resposta global às alterações climáticas, apontou Marcos António Nogueira, que ontem apresentou o projecto Dream Smart Cities for all.

O responsável sublinha que Guimarães está já a projectar-se no futuro como uma cidade-líder na demonstração a outras cidades de soluções para o futuro - daí que seja também muito importante as forças vivas da cidade participarem também neste projecto com as suas ideias - tal como aconteceu com a Guimarães - Capital Europeia da Cultura (CEC).
Sérgio Gonçalves, em representação da Câmara Municipal de Guimarães, destacou que Guimarães é uma cidade com história, com presente e com futuro, referindo que a cidade se projectou com a CEC e que está agora apostada na construção do futuro com este projecto de cidades inteligentes - em que se pretende uma participação alargada da comunidade em geral.
Fala-se muito de tecnologias e da Internet das coisas, mas importa mesmo é saber como concretizá-la na prática nas nossas cidades e como aproximá-la dos cidadãos, indicou o responsável.

Sérgio Gonçalves disse que a cidade de Guimarães já está a trabalhar no sentido de se tornar cada vez mais smart city, na mobilidade com bicicletas através da sua ecovia, mas também através dos reguladores do fluxo luminoso colocados no centro histórico, cuja intensidade vai variando.
O objectivo é que as mini cidades de Guimarães consigam também ter tecnologia incorporada, num conceito que queremos alargado a todo o território, anunciou o representante do Município de Guimarães.
Foram vários os contributos ontem deixados nesta maratona de ideias vimaranense para a construção do conceito de cidades inteligentes, com várias empresas, associações e instituições a dar ideias.

Carlos Neves, empreendedor e ex-responsável pela CCDR-Norte, deixou alguns conselhos sobre o que deverá ser uma smart city, apontando como estratégia os bons referenciais de política pública orientada para os cidadãos, em que se espera a participação de todos.
As cidades inteligentes requerem a cooperação de todos os actores da cidade, entre cidades e entre países e nelas espera-se também um cidadão activo e participante no seu planeamento e construção.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.