Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Guimarães assinou manifesto de adesão “Autarquias sem Glifosato” da QUERCUS
“A abertura das creches foi um teste, ajudou a preparar as novas rotinas”

Guimarães assinou manifesto de adesão “Autarquias sem Glifosato” da QUERCUS

Treino de conjunto e ‘folgas’ antes de novo ‘confinamento’

Guimarães assinou manifesto de adesão “Autarquias sem Glifosato” da QUERCUS

Vale do Ave

2019-08-21 às 16h16

Redacção Redacção

Manifesto foi assinado por 16 autarquias no país, numa abordagem mais alargada de olhar o espaço público, colocando a saúde pública e o ambiente em primeiro lugar.

O Município de Guimarães tem vindo a testar soluções na abolição dos herbicidas químicos e eliminou totalmente o uso de herbicidas tipo Glifosato, há cerca de três anos, cumprindo as normas europeias que a isso preconizam.
 
As soluções técnicas neste momento utilizadas pelo Município de Guimarães são, na maior parte dos casos, a monda manual – que permite a remoção das áreas ajardinadas apenas as espécies com características indesejadas -  e a monda moto-manual e mecânica, através de pequenas motorroçadoras aplicáveis em bermas e passeios em pedra.
 
Em situações muito específicas no controlo de infestantes são utilizadas alternativas não químicas, como soluções biológicas para controlo de plantas infestantes e apenas usados produtos de origem natural.
 
Assinar este manifesto permite alterar a prática generalizada no nosso país do uso do glifosato para controlo de plantas infestantes, sendo que a adesão a esta campanha reflecte-se como uma boa prática numa abordagem mais alargada de olhar o espaço público colocando a saúde pública e o ambiente em primeiro lugar. Trata-se ainda de um caminho a percorrer na aceitação das ervas espontâneas pela população também, num modo mais verde e ecológico dado que cada vez fazem mais parte da paisagem urbana.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho