Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Guimarães reconhecida pelas Nações Unidas como “Cidade Resiliente”
Aproveite a ida à piscina e à praia fluvial também para ‘mergulhar na leitura’

Guimarães reconhecida pelas Nações Unidas como “Cidade Resiliente”

Barcelos: Plataforma digital regista actividades artísticas

Guimarães reconhecida pelas Nações Unidas como “Cidade Resiliente”

Vale do Ave

2020-01-23 às 16h16

Redacção Redacção

Desenvolvimento e implementação das várias iniciativas e projetos que visam a proteção de pessoas e bens.

Guimarães viu o reconhecimento feito pelas Nações Unidas como sendo uma das cidades que integra a Campanha "Cidades Resilientes", na sequência do trabalho desenvolvido pelo município no âmbito da Proteção Civil.
?A Campanha é liderada pelo Escritório das Nações Unidas para Redução de Riscos de Desastres (UNDRR), mas é automotivada, centralizada e orientada pela Cidade, com o objetivo de elevar o perfil de resiliência e redução de riscos de desastres entre governos locais e comunidades urbanas em todo o mundo.
 
O documento, que oficializa a entrada de Guimarães nesta iniciativa da Estratégia Internacional para a Redução de Catástrofes, foi assinado pelo presidente da Câmara Municipal, Domingos Bragança, e pela representante especial das Nações Unidas para a Redução do Riscos de Desastres, Mami Mizutori.
?Guimarães assume a visão estratégica da proteção civil municipal, consciente dos riscos existentes e capacitado de infraestruturas e serviços organizados para minimizar os efeitos de eventual acidente grave ou catástrofe, zelando pela proteção dos cidadãos, apoiado em instrumentos de informação e preparação, com o contributo de todos os atores da proteção civil municipal. Neste âmbito, estão em curso diversos projetos e já implementadas boas práticas pelo município, que permitiram o reconhecimento do UNDRR.
 
O Serviço Municipal de Proteção Civil pretende continuar o desenvolvimento e implementação das várias iniciativas e projetos que visam a proteção das pessoas e bens do município, bem como de todas as pessoas que visitam Guimarães diariamente.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho