Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Guimarães registou mais 32 por cento de turistas
Territórios de fronteira querem a sua especificidade reconhecida

Guimarães registou mais 32 por cento de turistas

‘Chegou a farra’ à loja Pingo Doce do Braga Parque

Guimarães registou mais 32 por cento de turistas

Vale do Ave

2020-01-16 às 06h00

Redacção Redacção

Postos de turismo registaram mais turistas no ano passado do que em 2018. Período de maior afluência foi no Natal e na Passagem de ano. Procura traduziu-se no aumento da ocupação hoteleira.

Os postos de turismo de Guimarães registaram, no ano passado, mais 32 por cento de turistas do que em 2018.
Os períodos do Natal e da Passagem de ano foram os que registaram maior procura. Espanha, França e Brasil assumem-se como os principais mercados emissores, juntamente com o mercado nacional, mantendo-se, assim, a tendência de crescimento dos últimos anos. De registar, ainda, a subida consistente e significativa do mercado espanhol e brasileiro e, também, a emergência do Japão.

Entre os principais motivos apontados pelos visitantes está o facto do centro histórico de Guimarães ser Património da Humanidade e a proximidade a algumas cidades históricas da região, O património arquitectónico e artístico, assim como, o Berço da Nacionalidade, constituem, de igual modo, motivos de significativa relevância para o aumento da procura, refere um inquérito que foi feito junto dos visitantes.
Os locais mais procurados em Guimarães são o castelo, o Paço dos Duques de Bragança, o Museu Alberto Sampaio, o Centro Internacional das Artes José de Guimarães e a Casa da Memória. A maioria pernoita no Porto (49,2 por cento), seguindo-se Guimarães com 22,8 por cento das respostas. Este número revela que a taxa média de ocupação hoteleira mantém-se elevada.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho