Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
“Há ainda 80 alunos sem computador”
ANIMA Web 2021 na “Rota da Cidadania Global”

“Há ainda 80 alunos sem computador”

Há 735 famílias que precisam de apoio habitacional

“Há ainda 80 alunos sem computador”

As Nossas Escolas

2021-02-06 às 06h00

Paula Maia Paula Maia

Director do agrupamento D.?Maria II diz que os 180 computadores disponibilizados pela autarquia permitiram satisfazer as necessidades dos alunos de escalão A do ensino básico, mas de fora ficam ainda os do escalão B, perto de 80.

Só no Agrupamento de Escolas D. Maria II a câmara de Braga já fez chegar 180 computadores, sendo que os últimos quarenta, mais avançados, chegaram esta semana e serão entregues aos alunos do ensino básico. “O critério que definimos é entregar, em primeiro lugar, ao escalão A, desde o 1.º ao 9.º ano. Penso que vamos cobrir todo o escalão, já que há alunos que manifestaram não precisar do equipamento”, diz ao CM João Dantas, director do agrupamento, adiantando que mesmo assim o número não é suficiente para satisfazer as necessidades dos alunos do escalão B, nem outras que possam entretanto surgir. “São perto de 80 alunos do escalão B que ainda não têm acesso a equipamento. É ainda um número muito grande”, frisa o dirigente, explicando que o agrupamento integra escolas em zonas de fortes carências económicas.

João?Dantas confirma que da tutela não chegaram quaisquer meios digitais para estes alunos do ensino básico “ e acredito que não venham tão cedo”.
“Se não fosse a câmara não tínhamos quaisquer computadores para o ensino básico”, continua o dirigente, sublinhado que, em termos percentuais, “a autarquia entregou mais computadores que o Ministério da Educação”.
Da tutela, ao agrupamento D.?Maria II chegaram 143 computadores destinados aos alunos carenciados do secundário.
Os dados mostram, por isso, que o arranque do ensino à distância far-se-á, neste agrupamento, a ritmos diferenciados. “O regresso será muito mau para quem não tem conectividade”, garante João Dantas, acrescentando que no primeiro confinamento muitos alunos recorreram aos telemóveis para acompanhar as matérias.

No agrupamento Carlos Amarante, a esmagadora maioria dos alunos do ensino secundário de escalão A e B tem os seus computadores, mas Hortense Santos garante que os equipamentos que chegaram da tutela não dariam para cobrir todos os alunos de escalão (sobretudo os do B), caso alguns não tivessem declinado o seu direito por terem já equipamentos em casa.
Hortense Santos afirma que, além destes casos, há famílias cujo número de pessoas não permite que cada elemento tenha o seu computador.
Da autarquia chegaram também computadores e hotspots para o básico, sendo que a ultima entrega foram 30 destinados aos alunos 3.º ciclo do ensino básico.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho