Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
HC Braga vence OC Barcelos na luta pelo quinto lugar na Elite Cup
Trânsito e segurança rodoviária preocupam bracarenses

HC Braga vence OC Barcelos na luta pelo quinto lugar na Elite Cup

Roadshow digital e tecnológico da Fundação Altice chega a Vila Nova de Cerveira

HC Braga vence OC Barcelos na luta pelo quinto lugar na Elite Cup

Desporto

2019-09-23 às 06h00

Rui Serapicos Rui Serapicos

Na Elite Cup, que o FC Porto conquistou ontem em Portimão, ao vencer na final o Sporting, o dérbi minhoto pendeu para o HC Braga, depois de o Óquei de Barcelos ter estado duas vezes em vantagem.

No jogo de atribuição do quinto lugar da Elite Cup de hóquei em patins, em Portimão com os oito melhores clubes nacionais, o Hóquei Clube de Braga venceu ontem, por 3-2, o Óquei de Barcelos. Os barcelenses estiveram por duas vezes em vantagem, com 1-0 e 2-1, mas na etapa complementar os bracarenses, mesmo tendo desperdiçado boas oportunidades, deram a volta ao marcador.
Aos 6 minutos, Ezequiel Mena deu vantagem ao Óquei de Barcelos. Ainda no mesmo minuto Danilo Rampulla empatou para o HC Braga (1-1).

Logo a seguir os bracarenses estiveram perto do segundo, em contra-ataque bem conduzido por João Guimarães, que isolado diante de Ricardo Silva, viu este a defender-lhe o remate.
Aos 18 minutos, aproveitando um remate de Afonso Lima que a defesa de Barcelos interceptou, Gonçalo Nunes ganha posição para um remate cruzado e faz o 2-1 para a equipa orientada por Paulo Pereira.
Aos 20 minutos, na primeira suspensão temporária, Álvaro Morais viu cartão azul e no livre correspondente Pedro Delgado viu Ricardo Silva a parar-lhe o remate. Mas no minuto imediato em novo livre directo Rampulla restabeleceu a igualdade (2-2).

No início da segunda parte, por três vezes Pedro Delgado esteve quase a fazer o terceiro para o HC Braga. Da primeira vez, viu o guarda-redes Ricardo Silva a parar o remate com a viseira do capacete. À segunda, servido em bom passe de Afonso Lima, teve uma falha na emenda. Aos 33 minutos, Delgado ganha perto da baliza do Ó. Barcelos uma bola, leva o guardião para um poste da baliza, assiste no outro poste Rampulla e este, de baliza aberta, acerta na trave.

Os barcelenses tiveram duas ocasiões sucessivas, ao minuto 36, por Miguel Rocha e Franco Ferruccio, mas ambos falharam junto à baliza de Constantin.
Com 3.49 minutos para jogar, Carlos Loureiro intercepta um passe e assiste António Trabulo, que deu vantagem ao HC Braga (3-2). A seguir os bracarenses ganham um livre directo mas o remate de João Guimarães raspa por fora a trave. Mais um livre e o mesmo jogador viu o guardião Ricardo Silva defender.
Na resposta o Barcelos teve o empate à vista, mas Constantin Acevedo parou o remate de José Pedro Pereira.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.