Correio do Minho

Braga,

- +
Hospital de Braga retoma formação com 53 acções
Viana: Recuperação do património deve ter programas de financiamento comunitário próprios

Hospital de Braga retoma formação com 53 acções

“Esposende é território criativo”

Hospital de Braga retoma formação  com 53 acções

Braga

2020-08-02 às 10h00

Redacção Redacção

ACÇÕES contaram com a participação de 1 378 profissionais que tiveram oportunidade de de-senvolver competências técnicas e relacionais.

O Hospital de Braga retomou, em Julho, o plano de formação que, até então se encontrava temporariamente suspenso devido à pandemia pela Covid-19.
Durante este primeiro mês, foram ministradas 53 acções que contaram com a participação de 1378 profissionais do hospital.
Estas acções que abrangem diversas áreas representam “um investimento na contínua qualificação dos colaboradores”, refere a unidade bracarense, integrando um conjunto amplo de temas, dos quais se destacam o Suporte Básico de Vida do Adulto, o Curso de Boas Práticas, as Emergências Médicas, a Insulinoterapia Funcional na Diabetes Mellitus Tipo 1, as Ostomias, as Técnicas de Comunicação Terapêutica em Saúde, o Treino de Extintores, a Interpretação e Monitorização Eletrocardiográfica e as Boas Práticas para a Alta Segura.
Estas acções formativas pretendem contribuir para o desenvolvimento e valorização de outras competências técnicas e relacionais dos recursos humanos da instituição, surgindo também como uma estratégia de melhoria contínua na prestação de cuidados.
A retoma desta actividade não descura, segundo o Hospital de Braga, o cumprimento das normas de segurança para formandos e formadores, mantendo em prática uma série de medidas para protecção de todos, nomedamente, o número limitado de formandos, a higienização das salas em todos os intervalos das acções de formação, a disposição das cadeiras com distanciamento seguro e existência de material de desinfecção e máscaras cirúrgicas nas respectivas salas. Acresce a estas medidas as já implementadas aquando da entrada no hospital a medição da temperatura corporal, desinfecção das mãos e a utilização generalizada de máscaras.
Com este plano de acções, apoiado por fundos comunitários através do Programa Operacional e Inclusão Social e Emprego (POISE), estão previstas realizar-se, até ao final do ano, 202 acções e 32 cursos de diversos âmbitos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho