Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Hospital prepara-se para o pior cenário e instala câmara frigorífica junto à morgue
Barcelos: Plataforma digital regista actividades artísticas

Hospital prepara-se para o pior cenário e instala câmara frigorífica junto à morgue

Voluntários de Caminha: Viatura para combate a incêndios urbanos é o “grande sonho”

Hospital prepara-se para o pior cenário e instala câmara frigorífica junto à morgue

Braga

2020-04-08 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

É uma medida preventiva do Plano de Contingência do Hospital de Braga, que assim se prepara para o pior cenário. Uma câmara frigorífica móvel foi instalada junto à morgue pelo Ministério da Justiça e uma outra vai ser instalada pelo próprio hospital.

Uma câmara frigorífica móvel de grandes dimensões está instalada, desde anteontem, junto à morgue do Hospital de Braga. A imagem é forte, mas não há motivos para pânico, pois trata-se apenas de mais uma medida implementada no âmbito do Plano de Contingência para responder à pandemia Covid-19.
Desde segunda-feira que a câmara frigorífica está instalada junto ao Instituto de Medicina Legal (IML) do Hospital de Braga. É um cenário que se repte também noutros hospitais do país. Trata-se de um equipamento ali instalado, a título preventivo, pelo Ministério da Justiça.

Uma segunda câmara refrigerada vai também ser colocada junto ao mesmo local, esta pelo próprio Hospital de Braga, “como, aliás, já estava previsto no Plano de Contingência” desta unidade hospitalar, explicou ao ‘Correio do Minho’ fonte do Hospital.
A imagem da câmara frigorífica instalada junto à morgue tem alarmado algumas pessoas que daí deduzem que já não há capacidade para ter mais cadáveres no IML. Porém, essa não é a realidade.

A fonte hospitalar garante que “não existe qualquer motivo para pânico”, até porque a morgue não esgotou a sua capacidade. “Estas câmaras frigorificas são medidas meramente preventivas, mas que têm de ser tomadas. O ideal seria que nem chegassem a ser utilizadas, mas temos de estar preparados para todos os cenários, até para o pior”, explica a mesma fonte, apelando à população para manter a calma e cumprir as recomendações da Direcção Geral de saúde.
“O Hospital de Braga está a implementar todas as medidas necessárias para responder a esta pandemia. Esta medida junto ao IML é apenas uma delas”, vinca.

Ontem havia 96 internados com a doença
Hospital conta 11 casos completamente recuperados de Covid-19
Depois desde o início da pandemia até ontem, o Hospital de Braga já registou 11 casos avaliados como “completamente recuperados”.
O Hospital de Braga tinha ontem 96 doentes internados com Covid-19, estando 83 em enfermaria e 13 na Unidade de Cuidados Intensivos.
Também já foi ali realizado um parto a grávida com Covid-19.
O bebé foi submetido ao teste ao coronavírus, que deu negativo.
Este hospital já realizou um total de 2.530 testes de despiste,
dos quais 407 registaram resultados positivos, naquele que é o concelho com mais infectados no Minho.


Hospital activa seis alas exclusivas e amplia Cuidados Intensivos

O Hospital de Braga já activou seis alas de internamento dedicadas em exclusivo à Covid-19, com capacidade para 175 doentes infectados.
O hospital ampliou também a área da Unidade de Cuidados Intensivos, que detém agora uma capacidade de 32 camas para tratamento de doentes com Covid-19.
“Está ainda prevista a abertura de mais camas dedicadas noutras alas de internamento, de acordo com o desenvolvimento da doença e necessidades identificadas”, acrescenta fonte hospitalar.
O Hospital de Braga está a desenvolver um “trabalho contínuo” com as forças de autoridade e instituições locais, no sentido de definir estratégias a curto e médio prazo que permitam ajustar a resposta hospitalar à evolução prevista da pandemia.
Segundo o balanço feito ontem pela DGS, o distrito de Braga contabiliza 968 casos confirmados de Covid-19, mais 94 em relação a segunda-feira. O concelho de Braga tinha 407 casos confirmados.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho