Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
IPCA preparado para iniciar o ano lectivo em segurança
Famalicenses com mais de dois mil lugares de estacionamento gratuito na cidade  

IPCA preparado para iniciar o ano lectivo em segurança

AGERE renova certificação de Ambiente e Segurança com migração normativa

IPCA preparado para iniciar o ano lectivo em segurança

Ensino

2020-09-18 às 12h23

Redacção Redacção

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) está em condições de iniciar o ano lectivo de 2020/2021 em segurança. A garantia foi dada pela presidente da instituição.

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) está em condições de iniciar o ano lectivo de 2020/2021 em segurança. A garantia foi dada pela presidente da instituição.
Maria José Fernandes declarou, em comunicado, que “o IPCA está a preparar, de forma muito cuidada e planeada, o arranque do ano lectivo em estreita articulação, quer com as estruturas locais de saúde pública, quer com a sua comunidade interna, no sentido ajustar o modelo de funcionamento das actividades lectivas, de investigação e dos serviços administrativos, técnicos e de suporte aos alunos, aos desafios colocados pela evolução da pandemia ‘COVID-19’ e, desta forma, mitigar os riscos de alastramento da pandemia, protegendo os alunos e toda a sua comunidade académica.”

O IPCA aposta essencialmente no regime de aulas presenciais, “complementado com o regime híbrido e o regime não presencial como forma de reduzir o número de pessoas nas instalações do IPCA em respeito pelas regras de segurança e de distanciamento físico”, acrescentou a presidente da instituição.
No entender de Maria José Fernandes, o regime de aulas presenciais “promove a equidade entre estudantes em termos de participação e avaliação e proporciona a educação integral dos estudantes”.

Entre as regras de protecção contra a ‘Covid-19’ adoptadas pelo IPCA destacam-se o alargamento e desfasamento dos horários das actividades lectivas, a diminuição do tempo livre no ‘campus’ para evitar partilha de espaços comuns, a definição de novos circuitos e regras de acesso aos espaços e melhoramentos na comunicação visual e sinaléctica. Foram ainda actualizadas as regras e procedimentos de higienização e limpeza, sendo obrigatório o uso de máscara nos espaços interiores e recomendado o seu uso nas zonas exteriores.
Nas salas de aula foram instalados ‘smartboards’ (quadros interactivos) e sistemas de captura de som e vídeo que facilitem a realização das aulas no regime híbrido (em modo espelho).

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho