Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
João Pedro Sousa renova até 2022
“Tristeza” marca Centenário

João Pedro Sousa renova até 2022

Costa Gomes apela à responsabilidade individual para vencer a pandemia

João Pedro Sousa renova até 2022

2020-12-05 às 07h30

Carlos Costinha Sousa Carlos Costinha Sousa

Treinador chegou a acordo com o clube para a renovação de contrato até ao final da época 2022. Objectivo passa por estabilizar, crescer e potenciar os jogadores. Quanto ao próximo jogo, João Pedro Sousa aponta a uma luta complicada pelo triunfo.

João Pedro Sousa vai continuar no comando técnico do Futebol Clube de Famalicão, tendo ontem a direcção da SAD do clube anunciado ter chegado a acordo com o treinador para a renovação de contrato que liga as duas partes, agora até 2022.
O anúncio foi feito por Miguel Ribeiro, responsável da SAD famalicense, que fez questão de estar presente no início da conferência de imprensa de antevisão da partida com o Sporting para anunciar o prolongamento de contrato do treinador.
“Estou aqui para anunciar a renovação do contrato com o nosso treinador João Pedro Sousa. Este era o último ano de contrato e as partes entenderam estender o vínculo até 2022. A renovação do treinador implica prolongar a confiança, a estabilidade e o acreditar. Queremos continuar a crescer, num caminho de estabilidade, num caminho de potenciar os jogadores e no acreditar numa forma de jogar que é uma bandeira muito clara para nós. A conferência adiada para hoje deve-se ao acontecimento importante para nós, da renovação do nosso treinador”, explicou.
Já o treinador da equipa que ocupa neste momento o 10.º lugar no campeonato revelou-se “orgulhoso” e salientou a importância da restante equipa técnica para que todos os sucessos do Famalicão pudessem acontecer.
“É um orgulho esta renovação. Gostava de começar por falar da minha equipa técnica, a quem eu agradeço a confiança e principalmente a competência. Sem eles seria muito difícil ou impossível fazermos o trabalho que fizemos. Quero manifestar o meu espanto pela coragem de um homem [Miguel Ribeiro] que há uns meses viu que eu era a pessoa indicada para um projeto ambicioso e que reparou num treinador adjunto que estava lá longe, que não entra em entrevistas nem em colóquios. Só uma pessoa em Portugal era capaz de apostar num treinador deste perfil e esta pessoa está aqui ao meu lado e mais uma vez agradeço a confiança”, frisou o técnico dos famalicenses.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho