Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
João Pedro Sousa: “Nesta luta com muita vontade”
Festas de Nossa Senhora da Lapa vividas em formato digital

João Pedro Sousa: “Nesta luta com muita vontade”

Metade dos alunos do D. Diogo obteve 20 valores no exame nacional de Matemática

João Pedro Sousa: “Nesta luta com muita vontade”

Desporto

2020-07-12 às 18h22

Rui Miguel Graça Rui Miguel Graça

FC Famalicão joga amanhã, no Estádio do Bonfim, uma cartada importante por uma posição nas competições europeias. João Pedro Sousa destaca que não foram “convidados para esta luta”, mas que estão nela “com muita vontade e ambição”.

João Pedro Sousa abordou a deslocação ao reduto do Vitória de Setúbal, referente à 32.ª jornada da I Liga. Os minhotos acalentam regressar ao quinto lugar, ao passo que os sadinos quer fugir dos lugares de despromoção, logo apenas a vitória interessa a ambos os conjuntos.
Na conferência de imprensa, o timoneiro dos famalicenses destacou que matematicamente até pode chegar ao quarto lugar e que estão numa luta que, à partida, no arranque da I Liga, ninguém ousaria colocar o Famalicão na corrida pelos lugares europeus. Certo é que estão e com muita vontade e muita ambição.

“Importante é mantermos a nossa identidade, entrarmos concentrados e determinados, num campo tradicionalmente difícil, perante um adversário que também quer vencer e estamos á espera de um jogo difícil e, mais difícil ainda se torna, quando o nosso objectivo é só vencer”, começou por referir João Pedro Sousa.
“Quando a densidade competitiva é muito grande, naturalmente temos que fazer uma gestão física dos jogadores, porque são noventa minutos de grande intensidade. A nossa preocupação é ter os jogadores prontos para realizar noventa minutos competitivos e, também é por isso, que temos 27 jogadores no nosso plantel. Nesse aspecto, fizemos uma gestão e mesmo aqueles que estiveram no jogo com o Benfica estão preparados para este desafio”, destacou o técnico dos famalicenses.

“A nossa palavra é de lutar. Lutar pela vitória nos jogos e, no mínimo o lugar que estamos e tentar subir ainda mais uma posição. Estamos numa luta para a qual não fomos convidados, mas estamos nela com muito orgulho, com equipas muito competentes. Inclusivamente os pontos que faltam disputar permite-nos chegar ao quarto lugar. Portanto estamos nesta luta com muita vontade de estar e com muita ambição”, ressalvou João Pedro Sousa, quando a Liga entra na sua recta final, nos momentos em que tudo se vai decidir. Nesse prisma, o Futebol Clube Famalicão precisa de vencer os seus jogos e esperar que o Rio Ave perca pontos, no sentido de regressar ao quinto posto, posição que dá acesso às competições europeias na próxima temporada. “A última coisa que fazemos é olhar para os resultados dos nossos adversário sem antes ganhar os nossos jogos. Portanto o nosso foco e o nosso objectivo é Setúbal e tentar vencer um jogo extremamente difícil”, ressalva João Pedro Sousa.
O desafio disputa-se amanhã no Estádio do Bonfim, a partir das 21.15 horas e o emblema minhoto entra em campo sabendo já o resultado do Rio Ave, que defronta o Marítimo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho