Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
José Moreira da Silva convida a viagem pelo mundo da linguística
Piscinas de Famalicão retomam horários dos serviços de regime livre e escolas de natação

José Moreira da Silva convida a viagem pelo mundo da linguística

FIA Hill Climb Masters traz a Braga os melhores pilotos do mundo da categoria de montanha

José Moreira da Silva convida a viagem pelo mundo da linguística

Braga

2019-01-08 às 12h42

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

‘Linguística, Literatura e Outra Flora’ intitula a nova obra do professor e autor José Moreira da Silva. O livro vai ser apresentado no próximo dia 19, às 15.30 horas, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva.

É com a obra ‘Linguística, Literatura e Outra Flora’ que o professor e escritor José Moreira da Silva regressa às bancas, convidando os leitores a uma viagem informada pelo seu mundo. O novo livro vai ser apresentado publicamente no próximo dia 19, em cerimónia a realizar às 15.30 horas, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva.
Com toda a sua vida vertida na linguística, literatura e, muito, na pedagogia e didáctica, José Moreira da Silva, que se confessa “um apaixonado das letras e da linguística”, diz que é o conhecimento que o move, mas também a sua partilha. É precisamente com o objectivo maior de partilhar os seus conhecimentos que surge mais esta obra, compilando vários textos que foi escrevendo ao longo do tempo.

Dirigido ao público em geral, mas aos alunos de Humanidades do ensino secundário e universitários em particular, José Moreira da Silva caracteriza esta obra como “científica”. O livro divide-se efectivamente em três grandes áreas: a da linguística, a da literatura e da pedagogia e didáctica - esta última que denomina de ‘Outra Flora’ e que decorre da sua profissão de professor. “Aquilo que eu me imponho a mim mesmo quando escrevo é manter sempre uma perspectiva didáctica e pedagógica, tentando ensinar e transmitir ideias. Gosto de escrever dando informação e é, por isso, que todos os meus textos são informativos, geralmente relativos à linguística e à literatura, mas sempre da forma mais lúdica possível para que a leitura seja agradável”, explicou o escritor em entrevista ao jornal Correio do Minho’, onde é também cronista.

“Ao estudar a gramática, da língua portuguesa, ao usá-la em textos literários e meta-literários, ao aprofundar o conhecimento, a acção didáctica, pedagógica e filosófica, cumpro, como investigador, professor e escritor, a minha missão”, refere o autor na introdução da sua nova obra - que será apresentada pela amiga Maria Aldina Marques, do Instituto de Letras e Ciências Humanas da UMinho.
Quando questionado sobre a forma como hoje em dia os jovens falam e escrevem, o professor José Moreira da Silva diz ter uma opinião muito positiva. “Penso que o povo português, incluindo os jovens, escrevem cada vez melhor e pensam cada vez mais profundamente. Naturalmente que têm falhas na formação das ideias e da escrita e, num momento em que o acordo ortográfico ainda não está estável, leva-os a cometer alguns erros, mas eu não são um purista da língua”, frisou José Moreira da Silva.

O autor refere que é até “abusivo” desconsiderar os jovens pela forma como escrevem, olhando para o facto de 50 a 60 % da população ser analfabeta ou nem sequer ir à escola antes do 25 de Abril de 1974. “Acho que é abuso dizer que hoje se escreve ou lê pior. Isso é impossível”, considera, acrescentando que, a seu ver, os jovens têm até um conhecimento maior, fruto também do contacto com as novas tecnologias. “Hoje os jovens sabem muito mais, mas contactam é menos com a Natureza e mais com o artificial”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho