Correio do Minho

Braga, segunda-feira

José Maria Costa solicita inclusão de projectos no PNI 2030
Gala dos Campeões do Darque Kayak Clube

José Maria Costa solicita inclusão de projectos no PNI 2030

Goleada de mão cheia na despedida da II Liga

Alto Minho

2019-04-24 às 06h10

Redacção

Em Lisboa, na qualidade de presidente da CIM Alto Minho, José Maria Costa solicitou ontem a inclusão de alguns projectos no Plano Nacional de Investimentos (PNI) 2030.

José Maria Costa, na qualidade de presidente da CIM Alto Minho, participou ontem, em Lisboa, na Audição Pública sobre o Programa Nacional de Investimentos 2030, onde se congratulou pelo facto dos projectos serem consensualizados para uma década e onde pediu que alguns projectos fundamentais para o Alto Minho fossem incluídos nesta estratégia nacional.
O também presidente da Câmara de Viana do Castelo sublinhou que, considerando as prioridades de investimento da Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial (Alto Minho 2020) e o respectivo plano global de acção, é de enaltecer o facto de ter existido uma preocupação nacional em consensualizar um plano de investimentos para uma década, que não estejam sujeitos a ciclos políticos ou a mudanças de trajectória a meio do percurso.
“A CIM Alto Minho revê-se no actual plano nacional no que diz respeito à modernização da Linha do Minho, nos acessos rodoviários e marítimos ao porto de mar de Viana do Castelo e no reforço do potencial do porto de mar de Viana do Castelo, bem como nas ligações rodoviárias às áreas de acolhimento empresarial”, destacou o autarca.
José Maria Costa aproveitou, no entanto, para apresentar algumas acções a ser incluídas neste debate público e que não estão contempladas no documento inicial como a conclusão do IC1 de Caminha até Valença, as ligações rodoviárias às áreas empresariais de Mogueiras, o acesso ao Minho Park (Parque Empresarial de Monção), a ligação da A3 à Plataforma Logística de Valença e as melhorias das acessibilidades aos parques industriais de Calvelo, Gemieira e Queijada.
“Solicitamos ainda a qualificação dos níveis de acesso e qualidade de serviços do aeródromo do Alto Minho, em Cerdal, uma infra-estrutura que, pela sua proximidade às áreas empresariais do Alto Minho e da Galiza, pode vir a desempenhar um papel importante na aviação civil”, realçou o autarca e presidente da CIM, que aproveitou ainda para pedir que, no Plano Nacional de Investimentos, fosse considerado o Eixo Prioritário para a Consolidação do Ciclo Urbano da Água, atendendo a que irão ser necessários nos próximos anos avultados investimentos neste sector para os adequar à Estratégia das Alterações Climáticas”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.