Correio do Minho

Braga,

- +
Junta de Pencelo acolhe Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães
‘Famalicão Dança’ vai decidir campeões do Mundo e nacionais

Junta de Pencelo acolhe Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães

Casa da Juventude de Famalicão apoia ideias para gerar empresas

Junta de Pencelo acolhe Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães

Cávado

2019-06-11 às 11h00

Redacção Redacção

COLECTIVIDADE vai instalar-se temporariamente no piso térreo do edíficio da junta que foi reabilitado, num investimento de 38 500 euros.

O recém-habilitado piso térreo do edifício da Junta de Freguesia de Pencelo, em Guimarães, vai ser cedido temporariamente à Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães.
A notícia foi avançada pelo presidente da autarquia vimaranense, Domingos Bragança, na sessão inaugural do espaço reabilitado que implicou um investimento por parte da câmara de 38 500 euros.

Domingos Bragança fez questão de salientar que a condição dos concidadãs com Paralisia Cerebral não diminui em nada a sua capacidade humana, a sua dignidade e as suas necessidades. “São condições diferentes para iguais dignidades”, disse. “Quando me foi colocado o problema da falta de um espaço digno para os utentes da Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães, dei imediatamente prioridade à resolução do problema. A solução encontrada, que conta com a colaboração da Junta de Freguesia de Pencelo, embora temporária, permitirá que os nossos utentes da APCG vivam mais em sociedade, promovendo os seus encontros. Este espaço proporcionar-lhes-á maior autonomia”, referiu.
O presidente da câmara lembrou ainda o esforço financeiro da autarquia nos apoios sociais, que ascenderam a cerca de 2 milhões de euros, mostrando-se sensível para as causas sociais, nomeadamente as que se traduzam em mais inclusão.

Antes, Abílio Cunha, presidente da Federação das Associações Portuguesas de Paralisia Cerebral, tinha chamado a atenção para o problema dos cidada?os com Paralisia Cerebral não terem espaços de convívio que lhes permitam uma vida social pós-escolaridade, aproveitando para se congratular com o exemplo que Guimarães dá a todo o país.

João Miranda, presidente da Junta de Pencelo, diz que o exemplo seguido pela autarquia vimaranense permite criar um enorme impacto na vida dos utentes da APCG.
O novo espaço é fruto do entendimento entre Joaquim Oliveira, presidente da APCG, e o executivo da junta, contando com o apoio da ca?mara municipal.
Antes das intervencções das entidades presentes, o padre Manuel Alves procedeu à beneficiação do espaço que, na sua opinião é um exemplo “feliz” de como, através das palavras, se conseguem resultados.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.