Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Literacia financeira capacita alunos para bom uso de dinheiro
Theatro Circo com programação de luxo para Maio e Junho

Literacia financeira capacita alunos para bom uso de dinheiro

“O 1º Campeonato Europeu de Surf Adaptado coloca Viana no centro do surf mundial”

As Nossas Escolas

2019-03-11 às 11h38

Redacção

As turmas das EB 2,3 de Gualtar e de Real vencem Olimpíadas de Educação Financeira na etapa online. A vereadora da Educação destaca iniciativa.

As turmas das EB 2,3 de Gualtar e Real venceram a etapa online das Olimpíadas de Educação Financeira que acontecem no âmbito do projecto ‘No Poupar Está o Ganho’, promovido pelo Município de Braga, pela Comunidade Intermunicipal do Cávado e pela Fundação Dr. António Cupertino de Miranda.
“A participação neste projecto é sinónimo do empenho na transmissão de bases no âmbito da literacia financeira que figura como ferramenta que informa e capacita, através da disponibilização de diversos recursos pedagógicos, para o uso do dinheiro e contribuir para a criação de uma nova geração de consumidores informados”, sublinha, Lídia Brás Dias, vereadora da Educação da câmara de Braga.

Disponibilizado às escolas do concelho desde o ano lectivo transacto, o projecto é desenvolvido em contexto de sala de aula, tendo por objectivo auxiliar os mais jovens a gerir o dinheiro, contribuindo para que sejam consumidores mais responsáveis e conscientes.
Refira-se que o projecto envolveu 13 turmas e cerca de 300 alunos do concelho de Braga, provenientes do Conservatório de Música e Agrupamentos de Escolas André Soares, Carlos Amarante, Mosteiro e Cávado e Real. A vereadora da Educação congratula-se com os resultados que o projecto está a alcançar junto da comunidade educativa bracarense. O projecto ‘No Poupar Está o Ganho’ inicia-se com a formação aos professores e engloba uma visita guiada dos alunos ao Museu do Papel da Moeda.

Ao longo do ano, professores e alunos têm acesso a uma plataforma de e-learning que disponibiliza todos os conteúdos programáticos (adequados a cada um dos ciclos de ensino e de acordo com o Referencial de Educação Financeira, aprovado pelo Ministério da Educação), formação online, fichas didácticas, planos de aula e filmes de animação temáticos, entre outros recursos. As turmas são ainda desafiadas a realizar trabalhos criativos que expressem os conhecimentos adquiridos no decorrer do projecto e a submetê-los a concurso.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.