Correio do Minho

Braga,

- +
Livro revela decisões tomadas com base em estudos científicos sobre a Covid-19
Caminha: Governo alinha com municípios na defesa da floresta

Livro revela decisões tomadas com base em estudos científicos sobre a Covid-19

Tiago Rodrigues preside à Comissão de Honra da Romaria d’ Agonia

Livro revela decisões tomadas com base em estudos científicos sobre a Covid-19

Braga

2022-05-14 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Processos referentes às tomadas de decisão do Governo português no âmbito da pandemia tiveram por base estudos e testemunhos científicos que podem ser consultados no livro ‘Covid-19 em Portugal - Estratégias’, da Fundação Casais.

Citação

‘Covid-19 em Portugal - Estratégias’ é o título do livro que ontem foi apresentado pela Fundação Casais na Reitoria da Universidade do Minho. A apresentação contou com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa, e da Ministra da Saúde, Marta Temido.
A publicação inaugura a Colecção Ensaios para a Sustentabilidade da Fundação Mestre Casais, e é assinado por Raquel Duarte, Felisbela Lopes, Filipe Alves, Ana Aguiar, Hugo Monteiro, Marta Pinto e Óscar Felgueiras, os especialistas que propuseram ao Governo o desconfinamento do país.

A publicação revela todo o trabalho desenvolvido pelo grupo, desde a consulta de peritos nacionais e estrangeiros sobre a Covid-19, até à forma como a mensagem era passada junto da população. “Fizemos a auscultação das comunidades com o objectivo de dar ferramentas para se resolver o problema da pandemia. A pandemia ainda não terminou mas ajustamos as medidas ao risco”, destacou Raquel Duarte, uma das autoras do livro. A especialista indicou ainda que foi reunida uma “equipa multidisciplinar com diferentes visões do problema”, o que permitiu aconselhar algumas decisões ao Governo.
Felisbela Lopes, outra das autoras, responsável pelo processo de comunicação, frisou que “o diálogo entre os políticos e a ciência é fulcral para a resolução dos problemas da Covid-19.” A especialista em comunicação apontou ainda que muitas das sugestões apresentadas ao Governo, e contidas no livro, foram consideradas “o ponto de liberdade para a responsabilizaçao” da sociedade e que “se conseguimos controlar o vírus, isso deve-se aos cidadãos”, que seguiram as indicações dadas pelos cientistas.

O Primeiro-Ministro recordou os vários contactos mantidos com os especialistas em diferentes áreas, nomeadamente na Saúde. “O vírus era novo e diferente de todos os outros estudados nos últimos 100 anos. Havia um desconhecimento sobre este vírus. O trabalho feito pelos cientistas foi fundamental para a descoberta da vacina em tão pouco tempo”, apontou António Costa, recordando os 128 Conselhos de Ministros e as mais de 200 resoluções tomadas durante os dois anos da pandemia.
José Mendes, presidente-executivo da Fundação Casais frisou que o livro integra a Colecção e Ensaios para a Sustentabi- lidade e é “uma obra de qualidade acima da média. Retrata experiências da comunidade científica e os seus efeitos nas decisões políticas”.

O reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, salientou que a publicação é uma co-edição da Editora da Universidade do Minho com a Fundação Casais. Composto por 250 páginas, o livro ‘Covid-19 em Portugal - Estratégias’ divide-se em três partes: uma dedicada à evolução da pandemia (incluindo os períodos de confinamento e desconfinamento); outra sobre a explicação do trabalho dos especialistas (sobretudo nas reuniões do INFARMED e na preparação de relatórios) e uma outra sobre as novas variantes do vírus e o desconfinamento actual.
O livro está disponível no site da Fundação Casais, que criou um QRCode para facilitar o acesso.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho