Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Luís Saraiva e Solange Jesus vencem 22.ª Meia Maratona Manuela Machado
Professora da UMinho lança livro sobre escritores dos PALOP

Luís Saraiva e Solange Jesus vencem 22.ª Meia Maratona Manuela Machado

UMinho comemora Dia Europeu das Línguas

Luís Saraiva e Solange Jesus vencem 22.ª Meia Maratona Manuela Machado

Desporto

2020-01-20 às 06h00

Rui Serapicos Rui Serapicos

Atleta do SC Braga venceu na ponta final dos 21 quilómetros ao sprint, relegando o brasileiro Paulo Paula para o segundo lugar. Na corrida feminina a atleta do Sporting chegou destacada.

Luís Saraiva e Solange Jesus, do Sporting Clube de Braga e do Sporting Clube de Portugal, venceram ontem as corridas masculina e feminina da Meia Maratona Manuela Machado, em Viana do Castelo.
Disputada sob céu limpo e com uma temperatura agradável, a prova sofreu de vento intenso. As rajadas fortes dificultaram a tarefa dos que corriam com o cronómetro, tendo em vista a obtenção de marcas pessoais.
O ‘guerreiro’ Luís Saraiva, que este mês já tinha obtido o segundo lugar individual, no Campeonato Nacional de Estrada, disputado nas ruas envolventes ao Estádio Nacional, no Jamor, confirmou ontem em Viana do Castelo o bom momento de forma, batendo o brasileiro Paulo Paula, que o tinha acompanhado até à beira da linha de chegada. Foi mesmo ao sprint, esforçado no culminar de 21 quilómetros, que o atleta do Sporting Clube de Braga assegurou a primeira posição na meta.

Na volta dos atletas à cidade, os dois tinham-se destacado de um grupo mais alargado onde até aos últimos 5 km ainda se integravam João Antunes, Bruno Batista, Miguel Ribeiro e Fábio Oliveira.
Um dos favoritos, Hermano Ferreira, que tinha ganho em 2019, tinha já ficado para trás e chegaria na modesta 11.ª posição, superado ainda por outro atleta do SC Braga, Hugo Almeida, que foi décimo.
Na corrida feminina, cuja cabeça de corrida é mais difícil de controlar para as concorrentes, pois têm entre elas os atletas do meio do pelotão masculino, a ‘leoa’ Solange Jesus descolou e chegou à meta isolada, com avanço de meio minuto sobre a sua mais directa concorrente, Marisa Barros, do Salgueiros, seguida com uma diferença de 20 segundos da sua companheira de equipa Rafaela Fonseca, que fechou o pódio.

José Maria Costa: “Este ano foi a prova mais internacional de sempre”

“Este ano foi a prova mais internacional, com mais de vinte nacionalidades; isso significa que a prova tem vindo a ganhar no calendário nacional e internacional uma posição importante ” ­— comentou, ontem, José Maria Costa, o presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo ainda num primeiro balanço à 22.ª Meia Maratona Manuela Machado. “Mas acima de tudo, como eu costumo dizer, esta é também a prova rainha de Viana e também da atracção de muita gente que vem de propósito, para participar. Muitos espanhóis, da vizinha Galiza, perto de 1000, dão um colorido linguístico e cultural diferente. Há também uma grande participação de pessoas de todo o país e a nível internacional”, frisou. “É também um momento de dinamização económica. Temos um fim de semana pleno, com os hotéis cheios, e com a restauração e o comércio. Eu diria que associamos neste época baixa também esta grande prova”, acrescentou.

Mas, “acima de tudo”, salientou, “eu quero deixar uma nota do grande apreço da comunidade vianense para com a Manuela Machado, que tem sido ao longo da sua vida e sempre uma grande entusiasta do desporto e que continua a ser campeã nas escolas”.
Manuela Machado, segundo o autarca, “é uma pessoa muito querida na nossa comunidade educativa. Esperamos que ela possa continuar por muitos anos a fazer este extraordinário trabalho no desporto”.
Ainda para o presidente da autarquia, “esta é a maior prova desportiva que temos em Viana do Castelo”.
“É também o início do ano. É a grande festa do desporto, é a grande festa do atletismo. Viana do Castelo tem estes pergaminhos, nós temos um enorme orgulho na nossa campeã Manuela Machado. Por isso, a forma como apoiamos desta iniciativa”, realçou.

Manuela Machado: “Não são só os vencedores: é uma equipa fantástica”

“É isto que faz a meia-maratona subir, não são só os vencedores: é uma equipa fantástica e o pelotão tanto da meia-maratona como da caminhada”, observou Manuela Machado.
“Isto não é só corrida, é um grupo de trabalho fantástico, desde amigos e voluntários, câmara municipal, patrocinadores, atletas e ex-atletas, não só do atletismo, como também de outras modalidades, que estão comigo desde o início”, comentou ainda a campeã do mundo de Gotemburgo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho