Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Madeira/Mau Tempo: 100 mil metros cúbicos de inertes aguardam destino na marginal do Funchal
Ricardo Rio levou estratégia de neutralidade carbónica de Braga à Nordic Edge Expo

Madeira/Mau Tempo: 100 mil metros cúbicos de inertes aguardam destino na marginal do Funchal

Vizela: Câmara instala máquinas de venda de máscaras no concelho

Nacional

2010-03-04 às 11h27

Lusa Lusa

Os inertes que estão a ser depositados junto à orla marítima da cidade do Funchal poderão ser usados num arranjo urbanístico que acrescente alguns milhares de metros quadrados à capital madeirense, admitiu o secretário regional do Equipamento Social, Santos Costa.

Os inertes que estão a ser depositados junto à orla marítima da cidade do Funchal poderão ser usados num arranjo urbanístico que acrescente alguns milhares de metros quadrados à capital madeirense, admitiu o secretário regional do Equipamento Social, Santos Costa.

A parte leste da costa funchalense recebeu já mais de 100 mil metros cúbicos de entulhos provenientes dos trabalhos de desobstrução das ribeiras que rasgam a capital madeirense, das montanhas ao mar, em consequência do temporal que fustigou a Madeira.

As toneladas de pedras e entulhos que as fortes enxurradas do temporal de 20 de fevereiro arrastaram para a baixa da cidade estão a ser depositadas na praia de pedra rolada entre o cais e a zona velha da cidade do Funchal, formando montes que ultrapassam já a estatura média de uma pessoa, tapando a visão sobre o mar que era possível observar ao longo da marginal da Avenida do Mar e das Comunidades Madeirenses.

'O que se passa aqui - diz o secretário regional do Equipamento Social, Santos Costa, em declarações à Agência Lusa - é o resultado do trabalho de uma semana e meia e desde que ocorreu este temporal nós temos estado, aqui, a depositar os materiais resultantes da limpeza de desobstrução das ribeiras e das ruas do Funchal'.

O secretário regional explica que a parte leste da praia de pedra rolada da cidade do Funchal foi a escolhida para acolher os inertes por ter entendido ser 'a mais apropriada e mais próxima do acontecimento'.

'Nós já temos, aqui, cerca de 100 mil metros cúbicos de material das ribeiras acumulado, representando cerca de 10 mil camiões transportadores do material das três ribeiras até aqui, a esta praia junto ao cais', refere o governante madeirense.

Confrontado sobre o destino a dar ao entulho que diariamente tem vindo a ser acumulado ao ponto dos passantes da Avenida já não desfrutarem da vista mar que antes usufruíam, Santos Costa declara: 'temos naturalmente que ver que finalidade se vai dar a este espaço'.

'É um assunto que ainda não está tratado, resolvido e decidido. Para já, o material vai ficar cá, vamos ajeitá-lo para que ele não fique com um aspeto muito feio e que não tape a vista à marginal', observa, ressalvando: 'entretanto, vamos ver, depois, o que se irá fazer, ou retiramos daqui, ou aproveitamos esta plataforma para fazer alguma coisa que embeleze e que beneficie a cidade do Funchal'.

'Ou será uma coisa, ou será outra - continua - se o entulho ficar aqui, havemos de dar um tratamento a esta zona, aproveitando, com um arranjo urbanístico, integrá-lo na vida da cidade'.

O temporal de 20 de fevereiro causou 42 mortos, oito desaparecidos e um rasto de destruição avaliado em 1,4 mil milhões de euros.

***Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico***

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho