Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Mais de três centenas desfilam trajes em cortejo etnográfico pelo centro histórico
Tradições do concelho saíram em cortejo

Mais de três centenas desfilam trajes em cortejo etnográfico pelo centro histórico

Faro de Paulinho castiga erros decisivos do Cabreiros

Mais de três centenas desfilam trajes em cortejo etnográfico pelo centro histórico

Braga

2019-06-16 às 06h00

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

O Cortejo Etnográfico de São João sai hoje à rua, com mais de três centenas de participantes no evento que convida a uma viagem no tempo. A seguir a festa faz-se na rua, ao som do folclore, e às 21 horas, há Festival Folclórico na Praça da República.

Mais de três centenas de participantes, trajados a rigor, envergando as vestes dos camponeses e homens ricos do Baixo Minho, exibem as tradições folclóricas que ainda hoje Braga ostenta. O cortejo etnográfico - um dos pontos altos do programa das Festas de São João de Braga - sai, hoje, à rua, a partir das 16.30 horas, percorrendo as principais ruas do centro da cidade.
Ao todo, 18 grupos que carregam consigo o valor cultural das tradições folclóricas, exibem modos e formas de estar de outrora, numa verdadeira viagem no tempo, que tem como principal missão mostrar que esses valores continuam bem vivos nos dias de hoje pela sua mão.

Mais uma vez, o São João de Braga volta a dar destaque á cultura e às tradições do folclore - com muita expressão no concelho - enchendo o centro histórico de exuberância, muita cor e alegria no rosto de quem sente orgulho em fazer parte de um rancho ou grupo folclórico.
O cortejo arranca da Rua de São João e culminará na Praça Municipal. Destaque-se o facto de este cortejo etnográfico ser, sobretudo, um momento importante pela lição patrimonial que dá a todos, bracarenses, visitantes, turistas, mais novos e mais velhos, que nele têm a possibilidade de contemplar as capotilhas, os cordões de ouro, os trajes que diferenciavam as classes e uma série de adereços típicos dos usos e costumes do Baixo Minho desde os finais do séc. XIX aos inícios do séc. XX.

A festa sanjoaniana está prometida também para depois do cortejo etnográfico, com a actuação dos grupos participantes em diversos pontos do centro histórico, garantindo uma verdadeira folia para os amantes do folclore, que não conseguem deixar de dar um ‘pézinho de dança’.
Mas a festa folclórica não se queda por aqui.
A partir das 21 horas, sobe ao palco da Praça da República o Festival Folclórico de São João, que contará com a particiupação do Grupo Folclórico da Universidade do Minho, Sargaceiros da Apúlia, Grupo Folclórico da Casa do Povo de Santa Cruz do Bispo - Matosinhos e Grupo Etnográfico de Areosa - Viana e Grupo Folclórico Dr. Gonçalo Sampaio.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.