Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
MAPEAR está revelar talentos das escolas
Vitória venceu Rayo Vallecano na apresentação aos sócios

MAPEAR está revelar talentos das escolas

Troféu das Legends fugiu ao SC Braga nos penáltis

MAPEAR está revelar talentos das escolas

Braga

2022-04-23 às 14h00

Redacção Redacção

Dança abriu a MAPEAR – Mostra de Artes Performativas Escolar. Até 4 de Maio, certame envolve mais de 200 alunos de escolas do concelho.

Citação

O espectáculo de dança ‘Fragmentos’, apresentado pelo Agrupamento de Escolas de Maximinos, abriu com sucesso a primeira edição da MAPEAR. Esta Mostra de Artes Performativas Escolar, que se prolonga até 4 de Maio, surge na continuidade da Mostra de Teatro Escolar de Braga reflectindo agora um novo conceito artístico que envolve, além do teatro, os projectos do ensino artístico especializado, como a música, o canto e a dança.
No mesmo Espaço Vita já se apresentaram também, esta semana, o Estúdio de Ópera do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, com ‘Portugal UK-650’, e o Agrupamento de Escolas de Real com a peça de teatro ‘O Principezinho’.
Ao longo de três semanas, vão passar pelos palcos do Espaço Vita e do Centro de Juventude de Braga mais de 200 alunos, que vão apresentar nove produções que prometem uma viagem por diferentes autores e temas.
A participação na MAPEAR está reservada, em exclusivo, às escolas do concelho, para alunos inscritos do 2.º ciclo até ao secundário ou profissional, que possuam a disciplina de Teatro, Música ou Dança inseridas no currículo ou, como oferta de actividade extracurricular. A MAPEAR permite aos alunos actuarem em alguns palcos da cidade e terem acesso a todo o processo de produção que envolve a criação de um espectáculo, desde à sua génese até ao momento da apresentação final.
A 26 de Abril, o palco da MAPEAR passa para o Centro de Juventude de Braga, com o Agrupamento de Escolas Alberto Sampaio a apresentar, pelas 21.30 horas, a peça de teatro ‘Cruzamento Paralelo’. No dia seguinte, pelas 15.30 horas, o Agrupamento de Escolas André Soares apresenta a peça ‘Velas de Algodão’. No dia 29 , pelas 11.30 horas, é a vez do Agrupamento de Escolas de Celeirós levar à cena a peça ‘Eu não acredito em fadas, mas que as há, há’.
A cortina do Vita volta a abrir-se a 2 de Maio, às 21.30 horas, com o Colégio Luso Internacional de Braga a apresentar o teatro musical ‘La La Land’. No dia 3, às 15.30 horas, sobe ao palco do Centro de Juventude o Agrupamento Carlos Amarante, com a peça de teatro ‘Marias’. No dia 4, ‘Rafaela e Julieta – Um Amor (Im)possível’, pelo Agrupamento de Escolas Trigal de Santa Maria, é apresentada às 11 horas, no Centro de Juventude.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho