Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Meia centena de famílias vulneráveis recebeu apoio alimentar no confinamento
Póvoa de Lanhoso: Biblioteca com serviço online em Agosto

Meia centena de famílias vulneráveis recebeu apoio alimentar no confinamento

Barcelos: Plataforma digital regista actividades artísticas

Meia centena de famílias vulneráveis recebeu apoio alimentar no confinamento

Vale do Ave

2020-07-07 às 06h00

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

Os cabazes alimentares chegaram semanalmente à meia centena de famílias vizelenses que usufruíram do apoio municipal. Os bens alimentares foram distribuídos pelo Município de Vizela e contaram com o apoio de várias entidades.

Meia centena de famílias vizelenses, em situação de vulnerabilidade, tiveram que receber apoio alimentar ao longo dos últimos quatro meses. Um apoio criado pelo Município de Vizela precisamente para ir de encontro às necessidades de quem mais precisou durante o tempo de confinamento devido à pandemia, mas termina no final deste mês.
Victor Hugo Salgado, presidente da Câmara Municipal de Vizela, avançou com o programa de Apoio ao Sistema de Alimentação, no âmbito do Programa de Apoio Municipal Vizela Covid-19, como forma de prestar apoio aos mais frágeis durante o confinamento.

Em concreto, o projecto consistiu na distribuição semanal de cabazes alimentares, assegurando que os idosos ou pessoas que se encontrassem numa situação de especial vulnerabilidade, que vivessem isolados ou estivessem em casa sozinhos, sem apoio de rede familiar ou de assistência social, tivessem igual acesso a bens essenciais como a alimentação. O objectivo era que se mantém-se em casa e evitar a propagação do surto epidémico.
“Durante os últimos quatro meses, a Câmara de Vizela distribuiu estes ‘cabazes solidários’, contando com o apoio de várias entidades, como o Intermarché, padarias Celeste, do Núcleo de Árbitros de Vizela e da Iniciativa Solidária - Vizela, que ofereceram bens alimentares de primeira necessidade, além das Águas de S. Martinho que forneceram água através da FEMA”, indica fonte municipal.
Apontando para a actual fase de “desconfinamento” da população portuguesa em geral, a autarquia vizelense indica que este programa de apoio alimentar termina este mês.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho