Correio do Minho

Braga,

- +
Metade dos alunos do D. Diogo obteve 20 valores no exame nacional de Matemática
‘Time To’ dá a provar a ‘Tosta de Polvo’ e vinho ‘Leira do Canhoto’ até dia 4

Metade dos alunos do D. Diogo obteve 20 valores no exame nacional de Matemática

Nó de Infias: concurso para projecto lançado em Outubro

Metade dos alunos do D. Diogo obteve 20 valores no exame nacional de Matemática

Ensino

2020-08-03 às 07h00

Paula Maia Paula Maia

Colégio alcançou resultados “extraordinários” nas notas dos exames nacionais de acesso ao ensino superior. A média das 407 provas realizadas pelos alunos nas várias disciplinas é de 17,4. Os resultados na Matemática são os que mais surpreendem.

Perto de cinquenta por cento dos alunos do Colégio D. Diogo de Sousa que realizaram o exame nacional de Matemática para o acesso ao ensino superior obtiveram a nota máxima. Segundo explicou ao CM António Araújo, administrador do colégio privado bracarense, dos 128 os alunos que realizaram o exame nacional à disciplina, 64 alcançaram os 20 valores.
“É um orgulho. São resultados absolutamente excepcionais”, afirmou ao CM o administrador da instituição, dando conta que a excelência dos valores é extensível às restantes disciplinas, tendo o colégio obtido uma média de 17,4 valores nas 407 provas realizadas pelos seus alunos nas disciplinas de várias áreas.
O resultados da primeira fase dos exames nacionais de ingresso ao ensino superior foram conhecidos esta segunda-feira, mas o colégio disponibilizou-os aos seus estudantes logo ao cair da meia-noite.
António?Araújo justifica que os bons resultados obtidos - que ultrapassaram todos as classificações até agora alcançadas - são fruto do “intensíssimo” trabalho levado a cabo pela comunidade educativa, com destaque para o papel dos professores, assim como o empenho e sentido de responsabilidade dos alunos e suas famílias.
Reconhecendo que o ensino à distância não é “o melhor modelo”, acabou, segundo o dirigente, por trazer “uma experiência enriquecedora.
“Mesmo quando o Ministério da Educação autorizou as aulas presenciais, mantivemos todo o plano de ensino à distância nos horários habituais, sem qualquer redução da carga horária, com as mesmas disciplinas, mas a partir de 18 de Maio, das 16.30 até às 20 horas, os alunos tiveram ainda aulas presenciais no colégio”, elucidou o administrador do Colégio D. Diogo de Sousa.
O responsável referiu que a decisão de manter o ensino à distância prendeu-se com o facto “da tutela considerar a possibilidade dos alunos não irem presencialmente às aulas. Isso iria prejudicar muito no seu percurso”, diz. António Araújo elogia o papel dos professores que tiveram “um esforço adicional”, mas não esquece também a colaboração das famílias e dos próprios alunos. “Os nossos alunos têm um enorme sentido de responsabilidade”, reforça António Araújo, considerando que estes foram factores essenciais para superar um ano atípico com uma excelência ao nível dos resultados que honra a instituição.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho