Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Militares portugueses são os melhores dos melhores
Oliveira S. Mateus: Da riqueza textil e passado senhorial ao dia-a-dia de comércio

Militares portugueses são os melhores dos melhores

Mário Passos: “Serei um guardião dos que mais precisam”

Militares portugueses são os melhores dos melhores

Braga

2021-05-11 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

PRESIDENTE da República escolheu o Minho para arranque do segundo roteiro ‘Portugal Próximo’. No Regimento de Cavalaria n.º6 elogiou a capacidade dos militares, cá e em missões no estrangeiro.

O Presidente da República escolheu o Regimento de Cavalaria n.º 6 para iniciar, ontem, mais um roteiro ‘Portugal Próximo’, aproveitando a visita ao quartel bracarense para declarar que os militares portugueses são “sempre os melhores dos melhores”.
No unidade que garante o aprontamento do Grupo de Reconhecimento da Brigada de Intervenção do Exército português, Marcelo Rebelo de Sousa citou o chefe de Estado da República Centro Africana, nas comemorações dos 100 anos do Armistício, em Paris, segundo o qual “os militares portugueses eram os melhores” que prestam serviço nesse país.
“Ele disse-o em frente dos chefes de Estado de todos aqueles países e fiquei muito orgulhoso, tal como estou orgulhoso de estar aqui e agradecer o vosso contributo, em missões lá fora e cá dentro”, afirmou o Presidente da República, acompanhado nesta visita a Braga pelo Chefe do Estado-Maior do Exército, general José Nunes da Fonseca, e pela secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento e Castro.
Depois de ter classificado como “inesquecível”, para o povo local a participação das Forças Armadas no Afeganistão, agradecendo a participação em missões de paz no exterior, o Presidente da República destacou o papel dos militares no combate à pandemia de covid-19 e aos fogos florestais, bem como na colaboração com as autarquias locais.
“Não podemos deixar de agradecer esse vosso contributo. São insubstituíveis”, enfatizou o também Comandante Supremo das Forças Armadas, referindo o contributo dos militares “no processo que estamos a acabar de viver” em termos de controlo da pandemia, nomeadamente “nos lares, nas escolas e no processo de vacinação”.
Numa visita perturbada pela chuva, o Presidente da República visitou as instalações do Regimento de Cavalaria n.º6 e assistiu a uma pequena demonstração dos seus meios operacionais.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho