Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Minho a vermelho no ‘semáforo Covid-19’ da União Europeia
Iuri Leitão e Mariana Afonso recebidos na Câmara Municipal após conquista de títulos internacionais

Minho a vermelho no ‘semáforo Covid-19’ da União Europeia

Vales de Natal ajudam famílias carenciadas e o comércio local

Minho a vermelho  no ‘semáforo Covid-19’ da União Europeia

Braga

2020-10-18 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Minho passou do laranja para o vermelho, devido ao agravamento da situação epidemiológica, no novo mapa da UE para a Covid-19.

É de vermelho escuro que o novo “mapa semáforo” da União Europeia para o controlo da pandemia causada pela Covid-19 pinta agora toda a região Norte do país, incluindo o Minho.
O mapa, actualizado esta sexta-feira pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), passou assim os distritos de Viana do Castelo e de Braga do laranja para o vermelho, isto porque, nos últimos 14 dias, se verificaram mais de 150 novas infecções por cada 100 mil habitantes e a taxa de testes positivos é igual ou maior a 4%.
Este novo mapa da UE é actualizado semanalmente pelo ECDC com os dados enviados por cada país. A informação reunida no mapa pode ser utilizada para que cada país defina restrições a nível de viagens.
O Centro Europeu de Controlo de Doenças, com sede na Suécia, explica que ‘pinta’ a verde as regiões onde a taxa de notificação de novos casos nos 14 dias anteriores é inferior a 25 casos por 100 mil habitantes e a taxa de testes positivos fica abaixo dos 4%, e a laranja as zonas em que a no espaço de duas semanas há menos de 50 novos casos de infecção por 100 mil habitantes, mas a taxa de testes positivos é igual ou maior a 4% ou, no caso de esta ficar abaixo do limiar dos 4%, a taxa de notificação se encontrar entre os 25 e 150 casos por 100 mil habitantes.
Deixando a cinzento as zonas para as quais não há suficiente informação ou a taxa de testes é inferior a 300 casos por 100 mil habitantes, o ECDC coloca a vermelho as regiões em que a taxa de notificação a 14 dias é igual a superior a 150 por 100 mil habitantes e a taxa de testes positivos é igual ou maior a 4%.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho