Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Minho dividido entre Rui Rio e Luís Montenegro
Mais 115 infectados nas últimas 24 horas

Minho dividido entre Rui Rio e Luís Montenegro

Município investe 144 mil euros na beneficiação da Escola Básica de Gemeses

Minho dividido entre  Rui Rio e Luís Montenegro

Braga

2020-01-20 às 12h44

José Paulo Silva José Paulo Silva

Directas do PSD com resultados diversos nos distritos de Braga e Viana do Castelo. Líder venceu folgado no Alto Minho, Montenegro resistiu em Braga.

Em Braga, a terceira maior distrital do PSD, Luís Montenegro venceu, com 52 % dos votos a segunda volta das eleições directas , mas em Viana do Castelo de Rui Rio, que garantiu no sábado a sua reeleição como presidente do partido, teve 63% dos dos votos expressos dos militantes.
A vantagem de Luís Montenegro no distrito de Braga, que encurtou de 353 votos para 207 votos em relação à primeira volta, beneficiou muito das vitórias nas secções concelhias de Vila Nova de Famalicão e Barcelos, duas das cinco maiores do país em número de militantes com capacidade eleitoral. Em Famalicão, onde teve o apoio expresso do presidente da Câmara local, Paulo Cunha, a candidatura de Montenegro registou uns significativos 77, 3% dos votos. Em Barcelos, o adversário de Rui Rio ganhou com 55,7%.

Na ‘concelhia’ de Braga, a vitória de Montenegro foi de pouco mais de 53% contra quase 47% de votos em Rui Rio.
Na secção presidida por Hugo Soares, indefectível de Luís Montenegro, este recolheu a preferência de 281 militantes, contra 249 votantes em Rui Rio.
O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, que não assumiu publicamente a preferência por qualquer dos candidatos à liderança do PSD, manifestou, após a votação de ante- ontem, o desejo de um partido “unido e apto a assumir-se como alternativa de futuro para a maioria dos portugueses”, tendo dado os “parabéns ao líder eleito” e saudado os “demais candidatos e militantes que participaram neste acto eleitoral”.

No distrito de Braga, a candidatura de Luís Montenegro venceu também nas concelhias de Celorico e Basto, Esposende e Cabeceiras de Basto, enquanto Rui Rio levou vantagem em Vila Verde, Guimarães, Póvoa de Lanhoso, Amares, Fafe, Amares, Vizela, Terras de Bouro e Vieira do Minho.
No Alto Minho, apenas as secções de Ponte da Barca e Valença deram vitória a Luís Montenegro, saindo Rui Rio vencedor nos concelhos de Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte de Lima, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira.
Rui Rio venceu, sábado, numa inédita segunda volta, as eleições directas para a presidência do PSD com 53% dos votos.
A participação dos militantessociais democratas nesta segunda volta aumentou ligeiramente em relação à primeira volta: dos 40 628 inscritos, votaram 32 368, o que corresponde a 79,6% do total e quase mais 300 votantes em relação à primeira volta.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho