Correio do Minho

Braga, sábado

- +
“Momento de viragem” na cooperação
SNS coloca 40 mil enfermeiros a vacinar

“Momento de viragem” na cooperação

João Henriques quer vencer a “jogar bem”

“Momento de viragem” na cooperação

Braga

2020-11-21 às 07h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Primeiro Encontro Ibérico de Empreendedorismo Social decorreu ontem integrado no Festival GreenFest. Human Power Hub Braga e o Centro de Inovação Social de Málaga deram o “primeiro passo” para a cooperação entre empreendedores.

O primeiro Encontro Ibérico de Empreendedorismo Social, realizado ontem durante o Festival GreenFest, foi o ‘pontapé de saída’ para uma nova valência na cooperação. “Conseguimos uma cooperação mais profunda e mais sustentável. Depois da cooperação que existe entre os dois centros de inovação social era importante ‘passar a bola’ para os empreendedores e começar aqui um processo de cooperação bilateral entre iniciativas”, justificou o coordenador geral do Humam Power Hub - Centro de Inovação Social de Braga, Carlos Sousa Santos.
O Human Power Hub em conjunto com o La Noria – Centro de Inovação Social de Málaga promoveram o primeiro encontro de empreendedores sociais espanhóis e portugueses com o objectivo de gerar redes transfronteiriças e dar visibilidade a experiências de inovação social de sucesso. “No final deste primeiro encontro, o balanço é extremamente positivo, já que conseguimos identificar que há projectos que estão a ser desenvolvidos nas duas regiões e que têm condições para colaborar uns com os outros”, assegurou o coordenador geral.
Este foi, ainda nas palavras do coordenador geral, “um momento de viragem onde a cooperação deixa de ser institucional e passa a ser mais na vertente de negócios, com uma relação para operacionalizar os canais directos entre os em- preendedores e para que possam também aumentar a sua venda e a lista de clientes”.
Carlos Sousa Santos exemplificou: “conhecemos um projecto de guias turísticos no âmbito rural que pode ser uma valência muito importante para o projecto incubado no Centro de Inovação Social de Braga ‘Minho Porta Aberta - turismo acessível e sustentável’, que está a trabalhar só no casco urbano, mas pode também de alguma forma trabalhar mais a área rural”.
Mas estas “aprendizagens interessantes” também surgiram entre projectos de sustentabilidade ambiental. La Noria – Centro de Inovação Social de Málaga apresentou projectos na área ambiental que podem “cooperar com projectos como o ReStore (Comunidade Scaling do Humam Power Hub), que trabalha muito a economia circular e até com o próprio clube de economia circular de Braga”, incitou.
Na área das tecnologias também os congéneres espanhóis apresentaram projectos que promovem, por exemplo, a transparência democrática e a gestão da governança aberta. “Este tipo de projectos pode perfeitamente arrancar em Braga”, desafiou Carlos Sousa Santos, referindo que também o projecto SiosLife (Comunidade Scaling do Humam Power Hub), que abrange tecnologia para seniores, poderá “ter muito alcance em Espanha”.
Entretanto, o Human Power Hub tem já em perspectiva fazer um evento similar com o Centro de Inovação Social de Bil- bau, em Espanha, já que os dois centros trabalham juntos desde o início de todo o processo

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho