Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Movimento ‘Braga para Todos’ desafia Câmara Municipal a promover festival vegan
Guimarães activou plano de emergência

Movimento ‘Braga para Todos’ desafia Câmara Municipal a promover festival vegan

Unidade de rastreio instalada no Multiusos de Guimarães

Movimento ‘Braga para Todos’ desafia Câmara Municipal a promover festival vegan

Braga

2020-02-24 às 09h14

Redacção Redacção

O movimento ‘Braga para Todos’ desafiou o pelouro do Ambiente e da Política Animal a organizar  este ano um festival vegan sem fins lucrativos no S. João, em parceria com associações.

O movimento ‘Braga para Todos’ desafiou o pelouro do Ambiente e da Política Animal a organizar  este ano um festival vegan sem fins lucrativos no S. João, em parceria com associações.
O movimento organizou nos dois últimos anos o ‘S. João Vegan’, tal como o primeiro festival vegan na cidade, mas defende que a sua acção é política e não fazer eventos, tarefa essa que deve ter o apoio da Câmara Municipal de Braga.

‘Braga para Todos’ indica que não irá se responsabilizar este ano pelo ‘S. João Vegan’, evento pioneiro na cidade, mas lança o repto à Câmara Municipal para apoiar a organização com algum apoio financeiro e logístico.
“A Câmara de Braga paga para ter cá o ‘Green Fest’, que custa 30 mil euros,  paga o ‘Guadalupe Lazy Sessions’, porque não apoiar o S. João Vegan e até mesmo fazer um festival vegan com dimensões de acordo com a cidade”, questionam os responsáveis do movimento cívico.
“Nesta área fomos pioneiros, e apesar das dificuldades inerentes a quem começa algo do zero o parecer foi positivo, mas Braga precisa de eventos maiores e o veganismo,  face à sua ligação a políticas animais e ambientais é um tema que faz todo o sentido estar na agenda da Câmara, e se não está, parece ser por birra por este tema ser da nossa agenda, mas isso não faz sentido, temos todos que fazer o melhor para a cidade”, refere comunicado.

Elda Fernandes, daquele movimento, entende que o pelouro do Ambiente deve apoiar associações locais de protecção de animais com questões logísticas para acontecer um ‘S. João Vegan’ em Braga de maior dimensão, mais atractivo e que obtenha lucros para a causa animal.
“Há dois anos que fazemos uma acção no S. João, porém, é uma acção pequena que com a ajuda da Câmara Municipal pode ter uma grande dimensão e até ser um começo para se criar um  festival anual de grande dimensão semelhante ao ‘Green Fest’ que é gratuito para os expositores. Braga precisa de uma agenda mais abrangente e para todos, mais inclusiva e não tem, por isso lançamos o desafio: fazer mais eventos que sensibilizem os bracarenses para questões ambientais e também para a urgência de diminuir o consumo de animais”, acrescenta.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho