Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Mítico Estádio 1.º Maio celebra 70 anos de glórias desportivas
Esposende concede apoios financeiros

Mítico Estádio 1.º Maio celebra 70 anos de glórias desportivas

TUB com 57% dos clientes face ao ano passado

Mítico Estádio 1.º Maio celebra 70 anos de glórias desportivas

Desporto

2020-05-28 às 06h00

Carlos Costinha Sousa Carlos Costinha Sousa

Antiga casa dos Guerreiros do Minho celebra, hoje, 70 anos da sua inauguração, como Estádio 28 de Maio. Na altura, foi feita uma cobertura extensa e intensa da inauguração, que contou com a presença dos membros do Estado com toda a pompa e circunstância.

Uma marca - mais uma - histórica! O velhinho Estádio 1.º Maio assinala hoje a impressionante marca de 70 anos de existência. São 70 anos que passam sobre a inauguração de uma obra de grandeza tal que, na época, foi considerado o melhor estádio a nível nacional. Construído e inaugurado como Estádio 28 de Maio, a que já foi a única e principal casa do Sporting Clube de Braga foi considerada uma “Maravilha arquitectónica” construído pelo empreiteiro bracarense Francisco de Azevedo campos.

A obra arrancou em Braga como forma de comemorar o 28 de Maio - que deu nome ao estádio - e depois de vários pedidos do deputado Alberto Cruz na Assembleia Nacional. Em 11 de Janeiro de 1939 o deputado pronunciou as seguintes palavras: “Pedem os revolucionários de 28 de Maio, a cujo grupo me orgulho de pertencer, que solicite do Governo a comemoração dessa data, em 1940, na cidade de Braga e que , nessa mesma terra, e data seja inaugurado um padrão, à escolha do Governo, mas compatível com a grandeza do feito”.

Em 24 de Janeiro de 1945 voltou a pedir alguma coisa para Braga que ficasse a assinalar o movimento 28 de Maio. E os pedidos de Alberto Cruz não foram em vão quando, após uma luta de vários anos, em 1946 o Governo ordenava que fosse construído em Braga o Estádio 28 de Maio.
O dia ficou marcado com uma enorme festa, na qual marcaram presença várias individualidades do Governo e da cidade, vários representantes de entidades desportivas locais e nacionais e muitos bracarenses que lotaram completamente as bancadas e todos os espaços disponíveis que havia e que pudessem ocupar. Para assinalar o dia realizaram-se ainda dois jogos: um empate a três golos entre SC Braga e FC Porto e a vitória do Benfica, por 3-2, sobre o Sporting.

“Houve o propósito de fazer este ano de Braga o centro das comemorações festivas da Revolução Nacional, visto se haver resolvido também pelo primado que a Braga pertence, erguer aqui uma obra de que fizesse, ao lado da sua utilidade prática, padrão do movimento 28 de Maio e memória consagrada ao esforço libertador do Exército.”
Parte do discurso de Salazar na inauguração do Estádio 28 de Maio

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho