Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Mulher tem de justificar gastos de mais de 18 milhões de euros no Harrods
Festival Guimarães Jazz continua a ser “um marco na história da cidade”

Mulher tem de justificar gastos de mais de 18 milhões de euros no Harrods

Iniciou obra do Canil Municipal

Mulher tem de justificar gastos de mais de 18 milhões de euros no Harrods

Mundo Web

2018-10-11 às 06h00

Filipe Ferreira Filipe Ferreira

Uma mulher natural do Azerbaijão é o primeiro alvo de uma campanha do governo do Reino Unido para se apoderar dos bens de pessoas suspeitas de terem enriquecido através de corrupção.
Segundo a Associated Press, Zamira Hajiyeva já recebeu uma ordem de um tribunal britânico para explicar a origem dos 18,2 milhões de euros que gastou durante uma década em compras nos armazéns Harrods em Londres.
Mas as avultadas despesas desta mulher no Reino Unido não se ficaram por aqui. Também adquiriu uma casa perto do Harrods por 13 milhões de euros e ainda comprou um campo de golfe nos arredores de Londres.
O marido de Zamira Hajiyeva é o antigo presidente do International Bank of Azerbaijan, Jahangir Hajiyev, que em 2016 foi sentenciado a uma pena de 15 anos de prisão no Azerbaijão por fraude e desvio de dinheiro.
Zamira Hajiyeva nega ter cometido qualquer ilegalidade e está a lutar na justiça para manter as suas propriedades em solo britânico.
Este é o primeiro caso em que a justiça inglesa recorre à lei Unexplained Wealth Orders, que foi introduzida este ano.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.