Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Município de Braga lança projecto de execução para a Musealização da área arqueológica das Carvalheiras
Prémios Viana de Lima distinguem mérito de alunos de Belas Artes e Arquitectura

Município de Braga lança projecto de execução para a Musealização da área arqueológica das Carvalheiras

Centro Qualifica de Famalicão com metas e financiamento assegurados

Município de Braga lança projecto de execução para a Musealização da área arqueológica das Carvalheiras

Braga

2021-05-01 às 20h00

Redacção Redacção

Município refere que o investimento, com custo previsto de 2 milhões e 700 mil euros, permitirá a valorização, musealização e a adequação à visita do espaço.

O Município de Braga prepara-se para lançar o projecto de execução para a Musealização da área arqueológica das Carvalheiras, cujo custo previsto ascende a 2 milhões e 700 mil euros.

A proposta será analisada na próxima reunião do Executivo Municipal, que se realiza dia 3 de Maio. O prazo previsível de execução da obra é de 18 meses.

O conjunto arqueológico das Carvalheiras, classificado como Imóvel de Interesse Público, constitui uma das mais originais e maiores áreas com ruínas romanas da cidade, oferecendo um elevado potencial histórico, científico e cultural na promoção de Braga e do País.

Desde 2018 que o Município e a Universidade do Minho têm conjugado esforços para a elaboração deste projecto, que resulta do empenho conjunto de ambas as entidades e permitirá a valorização, musealização e adequação à visita da referida área arqueológica, com criação de um centro interpretativo e de um parque verde na área envolvente para usufruto qualificado do espaço pelos cidadãos e desenvolvimento de actividades culturais e de lazer.

Como salienta Miguel Bandeira, vereador do Município de Braga, a cidade "passará a dispor de uma ampla área patrimonial musealizada e aberta ao público, que constituirá um equipamento de grande valor histórico e cultural, verdadeiramente emblemático da origem romana de Braga, capaz de ajudar a reforçar a sua identidade e a diferenciar a oferta cultural da Cidade".

O sítio arqueológico das Carvalheiras é o único quarteirão romano completamente escavado da antiga Bracara Augusta, sendo o seu valor inegável para entender o urbanismo romano da antiga Cidade.

A Universidade do Minho realizou um exaustivo trabalho de investigação e interpretação dos achados arqueológicos deste local, com coordenação científica de Manuela Martins.

A intervenção permitirá a sua recuperação integral para utilização como lugar privilegiado de visita do passado romano da cidade, complementando a narrativa e os itinerários com outros lugares da mesma época que hoje já se podem visitar: entre outros, a Fonte do Ídolo, as Termas Romanas ou o Museu Arqueológico D. Diogo de Sousa.

O projecto de musealização das Carvalheiras vai propiciar uma verdadeira viagem no tempo, através de uma experiência interactiva alicerçada nas media arts, com a entrada num Centro Interpretativo que terá uma dimensão moderna e tecnológica e com um percurso até ao interior deste espaço que constitui um importantíssimo legado romano.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho