Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Município de Vila Nova de Cerveira representado na 24ª Feira Internacional de Macau
Carvalhal começa a definir quem conta e quem tem guia de marcha

Município de Vila Nova de Cerveira representado na 24ª Feira Internacional de Macau

Vila Verde: Obras de requalifcação avança no centro de Prado

Município de Vila Nova de Cerveira representado na 24ª Feira Internacional de Macau

Alto Minho

2019-10-17 às 21h21

Redacção Redacção

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, integra uma restrita comitiva do Norte de Portugal convidada a participar na Feira Internacional de Macau (MIF), que está a decorrer entre esta quinta-feira e sábado. Oportunidade é encarada como forma de estreitar relações entre Vila Nova de Cerveira e Macau, a nível económico e cultural, e de criar estratégias a partir das potencialidades destes dois territórios.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, integra uma restrita comitiva do Norte de Portugal convidada a participar na Feira Internacional de Macau (MIF), que está a decorrer entre esta quinta-feira e sábado. Oportunidade é encarada como forma de estreitar relações entre Vila Nova de Cerveira e Macau, a nível económico e cultural, e de criar estratégias a partir das potencialidades destes dois territórios.

Organizada pelo Instituto de Promoção do Comércio e Investimento de Macau (IPIM), a Feira internacional de Macau, na sua 24ª edição, é já um dos mais relevantes eventos internacionais em Macau, tendo em conta o seu funcionamento enquanto plataforma de cooperação com o interior da China, nomeadamente a região do Delta do Rio das Pérolas, e promoção do comércio multilateral, com especial atenção para os Países de Língua Portuguesa (PLP).
A Associação dos Jovens Empresários Portugal China, grande promotora da participação portuguesa no certame, é novamente responsável pelo Pavilhão dos Países de Língua Portuguesa, disponibilizando um local central, com dimensão e visibilidade acrescida, para expor os produtos e serviços das entidades e empresas dos referidos PLP.
A convite da Associação de Turismo e Negócios Portugal-China, o presidente do Município de Vila Nova de Cerveira e da Fundação Bienal de Arte de Cerveira, Fernando Nogueira, numa delegação constituída também pelo presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, dão a conhecer as diversas potencialidades da Região Norte, no geral, e dos concelhos presentes, em particular, neste importante evento realizado em Macau, abrindo portas para o enorme mercado que é a China.
Relembrando que “a relação entre Portugal e Macau possui mais de 450 anos de uma história partilhada, um legado histórico de abertura ao mundo e a diferentes culturas que deve ser preservada e ampliada”, o edil cerveirense manifesta-se convicto de que “esta visita representa mais um passo na estratégia de promoção de Vila Nova de Cerveira além-fronteiras e na atração de potenciais investidores para o concelho”. “É uma grande honra para Vila Nova de Cerveira dar-se a conhecer na Feira Internacional de Macau, um mercado de grande importância mundial e com oportunidades de criação de sinergias a nível económico e cultural”, afirmou Fernando Nogueira.
Além da presença na Feira Internacional de Macau, o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira vai ainda visitar o Governo da Região Administrativa Especial de Macau e ter a possibilidade de reunir com a Direção dos Serviços de Turismo de Macau, o Conselho das Comunidades Portuguesas, Gabinete de Apoio ao Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa e o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau.
Desde a primeira edição da Feira Internacional de Macau, em 1996, o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau tem-se empenhado em convidar os Países de Língua Portuguesa para participar neste evento. Em resposta ao convite, os Países Lusófonos têm atribuído grande apoio e o número de empresas lusófonas participantes tem vindo a aumentar de ano para ano.
Macau é hoje um dos destinos com maior crescimento turístico e económico em todo o Mundo. Em 2016, Macau recebeu perto de 31 milhões de visitantes, 15624 dos quais de Portugal, o que representa um aumento de 3% de visitantes portugueses em relação a 2015. A estratégia promocional de Macau assenta na divulgação do seu património histórico e no desenvolvimento da indústria do lazer e do turismo de negócios.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho