Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Município arcuense apoia custo de rastreios em lares
Vila Verde: Obras de requalifcação avança no centro de Prado

Município arcuense apoia custo de rastreios em lares

SOPRO alerta: violência doméstica não tem férias

Município arcuense apoia custo de rastreios em lares

Alto Minho

2020-03-29 às 11h00

Redacção Redacção

Câmara aprovou ainda um conjunto de apoios financeiros às pessoas, às instituições e às empresas para mitigar os prejuízos provocados pelo Covid.

A Câmara de Arcos de Valdevez vai apoiar financeiramente as instituições sociais nos custos com a realização de testes de rastreio do coronavírus aos utentes e funcionários dos lares, além da cedência de equipamentos de protecção individual.
Esta é uma de um conjunto de medidas que a autarquia do Alto Minho está a implementar para a contenção do vírus.
A câmara arcuense aprovou também um conjunto significativo de apoios financeiros às pessoas, às instituições e às empresas, entre as quais o reforço ao apoio às pessoas com mais necessidades sociais, através de uma rede que envolve os serviços municipais, as juntas de freguesia, as instituições sociais, as associações e outras entidades.
Ao nível da saúde vai contribuir para o fundo financeiro para apoio à ULSAM- Unidade Local de Saúde do Alto Minho, para a aquisição de equipamentos e outras despesas.
“Serão intensificadas as acções de desinfecção dos espaços públicos e da envolvente de equipamentos sociais e as acções de sensibilização às pessoas, nomeadamente os idosos, grupos de risco e pessoas que regressaram do estrangeiro”, refere a câmara arcuense.
O município também irá reforçar a liquidez das instituições e empresas, procedendo à antecipação dos pagamentos dos protocolos aprovados pela câmara municipal com as juntas de freguesia, instituições sociais, bombeiros voluntários, associações e outras entidades e irá pagar, em menos de um mês, todas as facturas validadas dos fornecedores. No que toca às pequenas empresas dos diversos sectores serão comparticipadas na totalidade as tarifas fixas de água e de saneamento e a taxa de resíduos sólidos urbanos.
Devido o ao encerramento dos espaços comerciais, a autarquia irá isentar do pagamento da renda todos os espaços comerciais arrendados pelo Município. Também, vai isentar o pagamento da taxa de terrado na Feira Quinzenal e no Mercado Municipal.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho