Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Museu Virtual da Memória Marítimo no navio Gil Eannes
“Braga é e será um dos destinos turísticos mais atractivos de Portugal e da Europa”

Museu Virtual da Memória Marítimo no navio Gil Eannes

Leitaria Quinta do Paço alia petisco ‘SNEclair’ ao vinho verde

Museu Virtual da Memória Marítimo no navio Gil Eannes

Alto Minho

2020-01-17 às 06h00

Redacção Redacção

Museu vai ser instalado no Centro de Mar, valência do navio hospital que está a sofrer obras para acolher a nova infraestrutura que deverá ser inaugurada em Março.

O Centro de Mar, valência instalada a bordo do navio hospital Gil Eannes, está a sofrer uma empreitada de refuncionalização para acolher o novo Museu Virtual da Memória Marítima, uma infraestrutura para a promoção da Ciência e do Conhecimento do Mar de Viana, inscrita na Agenda de Ciência e de Conhecimento do município (quadriénio 2017-2021).
A obra, que iniciou esta semana, vai permitir a criação do museu, que irá dispor de um Centro de Documentação do Mar, onde será possível consultar de forma interactiva e desmaterializada o acervo documental disponível, entre livros, revistas, monografias e periódicos sobre a temática do mar, mantendo-se a possibilidade da consulta material e requisição de alguns dos bens. Terá ainda uma segunda valência, também digitalizada, que constitui o Centro do Património Imaterial do Mar de Viana, onde será possível aceder a conteúdo audiovisual proveniente da recolha de testemunhos da vida pessoal e de trabalho dos homens e mulheres que se fizeram valer no nosso mar.

A obra em curso está prevista para terminar a 25 de Janeiro, dia em que se prevê a reabertura daquele equipamento. Esta obra acrescentará ao Centro de Mar um espaço para promoção do serviço educativo no Centro de Mar.
A inauguração do novo Museu Virtual da Memória Marítima está prevista para o próximo mês de Março.
Recorde-se que o Centro de Mar, a funcionar no navio Gil Eannes, inaugurou no dia 16 de Novembro 2014 (Dia Nacional do Mar). A abertura decorreu depois de ter sido reabilitado e reconvertido um espaço do navio Gil Eannes para ali abrir a “porta de entrada” do Centro de Mar de Viana do Castelo, tendo implicado um conjunto de adaptações do navio para as novas funções complementares às que já aí funcionavam.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho