Correio do Minho

Braga, terça-feira

Noite dos Investigadores: dez horas de experiências, demonstrações e workshops no Altice Forum Braga
PSP deteve três homens em Guimarães e em Braga por tráfico de haxixe

Noite dos Investigadores: dez horas de experiências, demonstrações e workshops no Altice Forum Braga

PSP de Braga deteve assaltante em flagrante

Braga

2018-09-28 às 10h24

Redacção

Hoje das 14 às 24 horas cidadãos de todas as idades podem experimentar mais três dezenas de actividades no Altice Forum Braga

São mais de três dezenas de actividades científicas gratuitas que cidadãos de todas as idades podem experimentar esta sexta-feira, das 14.30 às 24 horas, no Altice Forum Braga. A iniciativa coordenada pela Escola de Ciências da Universidade do Minho (ECUM) insere-se na 14ª edição da Noite Europeia dos Investigadores (NEI), que tem o tema ‘Ciência na cidade’ e decorre em simultâneo em mais de 300 cidades de 30 países.
A abertura oficial é às 16.30 horas, com a vice-reitora da UMinho, Manuela Martins, o pró-reitor, Manuel João Costa, a presidente da ECUM, Manuela Côrte-Real, o coordenador local da NEI, José Brilha, e a vereadora da Cultura e Educação, Lídia Dias.

Há tanto para tocar e observar no recinto que o mais difícil é por onde começar. Os participantes vão fazer uma viagem pela luz em dez passos, mexer em filmes finos, baterias e sensores, perceber como a memória nos engana, ver minerais ao microscópio e a química do dia-a-dia, obter técnicas para conservar sementes ou saber como, a partir das leveduras, se produz fármacos e biocombustíveis. Além disso, vão seguir o percurso da uva ao vinho, fertilizar solos com resíduos orgânicos, imprimir em 3D em diferentes materiais, detectar partículas com câmaras de faíscas e de nuvens, descobrir a chamada ciência das ‘coisas’, decifrar quebra-cabeças, entranhar-se na criptografia e na inteligência artificial e até monitorizar a afluência do evento em tempo real.

Os alunos das escolas básicas e secundárias da região aceitaram apresentar os seus projectos originais em vários postos do espaço.
Nesta ‘Mostra da Ciência’, os visitantes vão ser desafiados a acompanhar o crescimento do embrião de uma galinha, a usar óculos de realidade virtual para palmilhar Braga e Barcelos, a ensaiar novos videojogos de plataforma e corridas, a obter grafeno da esfoliação da ponta do lápis, a atentar nas folhas que mudam de cor num bosque e a ouvir, às 21.30 horas, as próprias crianças a comunicarem ciência.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.